header top bar

section content

DISPUTA DE SAIA: 13 mulheres disputarão chapas majoritárias na região de Cajazeiras

Duas prefeitas estarão deixando o cargo em Janeiro após oito anos de mandato.

Por Luzia de Sousa

08/08/2016 às 07h30 • atualizado em 08/08/2016 às 22h23

mulheres_política

Passado o período de convenções partidárias encerrado na última sexta feira (5) está definida as formações das chapas que disputarão as eleições municipais deste ano, que serão realizadas no dia 02 de outubro. As eleições 2016 na região de Cajazeiras terá uma boa participação feminina na disputa de cargos majoritários, demonstrando que apesar de ainda serem minoria, as mulheres estão se interessando bem mais pela política.

Ao todo são oito pré-candidatas a prefeita e cinco pré-candidatas a vice, incluindo a cidade de Serra Grande, onde a chapa oposicionista é “cor de rosa” formada por duas mulheres, confira:

PRÉ-CANDIDATAS A PREFEITA:
Denise Albuquerque (Cajazeiras)

Cláudia Dias (Monte Horebe)

Cleide Penaforte (São José de Piranhas)

Aurileide Egídio (Poço José de Moura)

Socorro Félix (Santa Helena)

Jordhanna Lopes (Joca Claudino)

Eliana Nunes (Serra Grande)

Eva de Sousa Lira (Poço Dantas)

PRÉ-CANDIDATAS A VICE:
Guia da Farmácia (Cachoeira dos Índios)

Quinha Moura (Cachoeira dos Índios)

Maria de Aluísio (Serra Grande)

Francisca Ferreira – Fransquinha (Monte Horebe)

Francisca Francilene – Tilene (Triunfo)

Duas prefeitas estarão deixando o cargo em Janeiro após oito anos de mandato, são elas: Alderi Caju (Bonito de Santa Fé) e, Lucrécia Adriana (Joca Claudino).

DIÁRIO DO SERTÃO com Blogdofurao.com

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor