header top bar

section content

Candidato de Bonito de Santa de Santa Fé diz que vai implantar saúde preventiva e investir mais na educação. VÍDEO!

Ele disse também que vai resgatar a cultura do município. “Não pode acabar”, adiantando que vai investir na escola de música.

Por Luzia de Sousa

24/08/2016 às 22h17 • atualizado em 27/08/2016 às 11h02

O candidato a prefeito de Bonito de Santa de Santa Fé, Chico Pereira (PSB) foi o segundo entrevistado da Caravana da Democracia nesta quarta-feira (24). O socialista disse que quer ser prefeito da sua cidade para cuidar melhor de Bonito de Santa Fé. Quanto a escolha do vice, Dêda Lucena (PSC), que era da oposição, ele disse que tinha uma relação de amizade com o candidato a vice.

Ele explicou que é de família católica e é católica, além de declarar que a oposição quer instalar uma “Guerra Santa” na cidade, evangélicos contra católicos. O candidato disse que respeita todas as religiões, inclusive os ateus: “Só não acredito em quem usa Deus para proveito próprio”.

Entrevista com Chico Pereira em CZ

Entrevista com Chico Pereira em Cajazeiras

Na área da saúde, o candidato disse que vai implantar uma medicina preventiva no município e destacou o trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde, que segundo ele, serão valorizados na sua gestão.

Quanto a educação, Chico Pereira destacou ações importantes na área e disse que a educação é o “futuro da nação”, adiantando que seu projeto é avançar para uma educação libertadora e criticou: “As universidades formam o cidadão para o trabalho, mas não forma a pessoa de forma cidadã”

O socialista disse que vai ampliar a biblioteca municipal e dialogar com os professores para incentivar os estudantes a procurarem o ambiente escolar.

Sobre o funcionalismo público, Chico Pereira disse que é um defensor dos trabalhadores: “Sempre defendi essa categoria”, acrescentando que vai valorizar a classe. “Vou valorizar os funcionários, estou dizendo isso porque foi o que fiz na câmara, pagando salários justos”.

Chico Pereira disse que sonha em construir um centro administrativo para fazer funcionar todos os órgãos da administração em um só lugar, além de construir um ambiente agradável de lazer para encontro das famílias.

Ele disse também que vai resgatar a cultura do município. “Não pode acabar”, adiantando que vai investir na escola de música para crianças e manter as festividades tradicionais do município, como a Festa de Santo Antônio e buscar parcerias com a Igreja.

DIÁRIO DO SERTÃO

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula