header top bar

section content

Três dos quatro senadores nascidos na PB votaram a favor do impeachment de Dilma. VÍDEO!

Em outra votação, o Senado deve decidir se Dilma perde também os direitos políticos.

Por Luzia de Sousa

31/08/2016 às 15h11 • atualizado em 31/08/2016 às 19h39

Quatro dois três senadores paraibanos votaram a favor do impeachment da ex presidente Dilma Rousseff (PT). Conforme já era previsto, os snadores paraibanos Cássio Cunha Lima (PSDB), José Maranhão (PMDB) e Raimundo Lira (PMDB), votaram pelo afastamento definitivo de Dilma, e pela ascensão deMichel Temer (PMDB), ao Palácio do Planalto. Cássio é o líder do PSDB no Senado, e um dos ferrenhos defensores do impeeachent. Já o senador Raimundo Lira presidiu a Comissão do Impeachment, que elaborou o relatório pedindo a saída definitiva de Dilma.

Como membro do PMDB, o senador José Maranhão também seguiu a posição do partido, e votou pelo impeachment. Nascido na Paraíba, o senador pelo Rio de Janeiro Lindemberg Farias (PT), descordou dos conterrâneos e votou contra o impeachment.

Com os votos dos senadores paraibanos o Senado Federal confirmou, nesta quarta-feira (31), por 61 votos a 20, o afastamento da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Não houve abstenções.

Dilma, afastada do cargo desde maio, foi condenada no processo de impeachment por ter cometido crimes de responsabilidade na condução financeira do governo.

Em outra votação, o Senado deve decidir se Dilma perde também os direitos políticos.

A decisão também abre caminho para que Michel Temer (PMDB) seja efetivado na Presidência da República até 2018. A posse de Temer deve ocorrer em rápida cerimônia no Senado ainda nesta quarta-feira, mas o horário ainda não foi definido.

trio

PB Agora

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula