header top bar

section content

Desistência e impugnação de candidatura a prefeito pelo Tribunal Superior Eleitoral movimentam o Sertão

Duas candidaturas a prefeito no Sertão do estado constam como inaptas no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Confira aqui quem está de fora.

Por Luzia de Sousa

01/09/2016 às 22h10 • atualizado em 01/09/2016 às 22h24

Eleições municipais ocorrem em 12 municípios

O vice-prefeito da cidade de Nova Olinda, Sertão do Estado, peemedebista Idácio Souto renunciou a candidatura a prefeito da cidade.

Idácio era candidato pela Coligação Unidos pela Vitória, composta pelo PMDB, DEM, PES, PC do B, PHS e PV.

Agora, quem vai disputar a prefeitura da cidade pela coligação é o socialista Tião de João Carlos. Ele irá concorrer o comando do município com Diogo Richelli, candidato pelo PSDB.

Esta é a segunda candidatura a prefeito no estado que consta como inapta no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Sousa Neto, que era candidato pelo PSOL em Itaporanga, teve a candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral.

DIÁRIO DO SERTÃO com MaisPB

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula