header top bar

section content

Dois municípios do Sertão da Paraíba podem eleger prefeitos com apenas um voto cada

Mesmo se nenhum eleitor votar naquele candidato, optando por anular o voto ou votar em branco, ainda assim será eleito.

Por Luzia de Sousa

08/09/2016 às 08h39 • atualizado em 08/09/2016 às 08h45

Eleições municipais ocorrem em 12 municípios

Dois municípios do Sertão da Paraíba será possível eleger os prefeitos com apenas um voto cada um, ou seja, nestas cidades em que só tem um postulante, se o  candidato votar em se mesmo, já estará eleito. Essas exceções são em São Mamede e Bernardino Batista.

Mesmo se nenhum eleitor votar naquele candidato específico, optando por anular o voto ou votar em branco, ele, ainda assim, se tornará prefeito. É que a legislação eleitoral vigente prevê que um candidato, para se eleger, necessita obter 50% dos votos válidos mais um voto, no caso de cidades com mais de 200 mil eleitores. Municípios com número inferior a este, será declarado vencedor da eleição aquele candidato que obtiver maioria simples dos votos válidos.

Portanto, na prática, o candidato não se elegerá apenas se não votar nele mesmo. Na Paraíba, os candidatos a prefeito de São Mamede (Jefferson Morais, do DEM) e Bernardino Batista (Gervázio Gomes, do PSB) estão nesta condição confortável, pois são os únicos postulantes à prefeitura de seus municípios. Em todo o país, outros 95 candidatos de 12 estados também estão em situação idêntica.

DIÁRIO DO SERTÃO com TSE

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula