header top bar

section content

Deputado cajazeirense se recusa a tirar licença após acidente

“Esse problema não vai me impedir de exercer minhas atividades na ALPB", disse o parlamentar.

Por Luzia de Sousa

01/11/2016 às 15h22 • atualizado em 01/11/2016 às 15h42

Deputado disse que não vai se licenciar (Foto assessoria)

Mesmo com o punho e parte do braço esquerdo imobilizado, consequência de uma queda em sua residência, no último domingo (30), e na iminência de ter que se submeter a uma cirurgia no punho, o deputado estadual Jeová Campos (PSB) descartou a necessidade de licenciar-se da ALPB.

+ Deputado cajazeirense sofre acidente e deve se submeter a cirurgia

“Esse problema não vai me impedir de exercer minhas atividades na ALPB, portanto não será necessário me licenciar para tratar do problema. Ficarei ausente, no máximo, uma semana”, disse nesta terça-feira (01), o parlamentar que, mesmo sentindo dores e com a imobilização no antebraço esquerdo, participou na manhã desta terça-feira dos trabalhos na CCJ, da audiência pública que debateu a LOA e ainda teve uma reunião com dirigentes sindicais.

“O médico está aguardando a evolução do quadro para decidir se precisarei me submeter a uma cirurgia no punho. Mas, mesmo que o procedimento cirúrgico seja necessário, não há necessidade de me ausentar da ALPB, até porque o procedimento não é um impeditivo para que eu me locomova, nem desenvolva minhas atividades normais”, destacou o parlamentar que não precisará tirar licença médica, apenas justificar a ausência nos dias de pós-operatório.

Da assessoria do deputado

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula