header top bar

section content

PB recebe mais de R$ 8 milhões para obras hídricas em 4 cidades do Sertão e a garantia do avanço do Canal Acauã-Araçagi

Ricardo Coutinho destacou em seu pronunciamento que esse grande debate que envolve o semiárido nordestino, que sofre com cinco anos de seca grave.

Por Luzia de Sousa

31/01/2017 às 07h02 • atualizado em 31/01/2017 às 07h04

Paraíba recebe mais de R$ 8 milhões para obras hídricas

O Governo da Paraíba receberá do Ministério da Integração Nacional R$ 8,4 milhões para serem aplicados na implementação do Sistema Adutor de Pilões, Diamante, Boa Ventura e Jericó-Mato Grosso. Já o Canal Acauã-Araçagi tem assegurados mais de R$ 200 milhões para execução de obras este ano. O ministro Helder Barbalho autorizou a liberação dos recursos durante solenidade no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), em Campina Grande, na tarde desta segunda-feira (30), com a presença do governador Ricardo Coutinho. Ele assinou a portaria para empenho e transferência de recursos adicionais para ações de defesa civil ao Estado da Paraíba.

Ricardo Coutinho destacou em seu pronunciamento que esse grande debate que envolve o semiárido nordestino, que sofre com cinco anos de seca grave, ganha fôlego e as obras complementares da transposição das águas do Rio São Francisco executadas pelo Governo do Estado passaram a ganhar mais agilidade com a liberação de recursos na gestão do ministro Helder Barbalho. “Fiquei extremamente feliz com a assinatura hoje da liberação dos recursos porque nós vamos iniciar imediatamente as obras hídricas e em seis meses eu quero entregar essas adutoras de Boaventura, Jericó-Matogrosso, prontas”, ressaltou.

O governador concluiu sua fala pontuando ao ministro a importância da construção do terceiro eixo da transposição, que liga Mauriti, no Ceará, ao Vale do Piancó, para abastecer o maior manancial paraibano, que é Coremas-Mãe D’água. Ricardo reafirmou que as obras de responsabilidade do Governo do Estado estão sendo feitas. E agradeceu ao ministro Helder Barbalho por sua determinação e eficiência e apelou à bancada para que a emenda impositiva seja colocada para obras hídricas.

O Governo do Estado está realizando obras complementares da transposição que incluem a construção de canais, adutoras e sistemas de esgotamento sanitário, com destaque para o Canal Acauã-Araçagi, realizada em parceria com o Governo federal, cuja primeira etapa está praticamente pronta. Além disso, já foi concluída a limpeza do leito do Rio Paraíba, no trecho entre a Barragem de São José e Poções, e até a chegada das águas no estado, o trecho entre Poções e o açude de Boqueirão deverá estar concluído.

Ações – O ministro Helder Barbalho, no início de sua fala, apresentou tópicos do cronograma sobre o andamento das obras do Projeto de Integração do Rio São Francisco e confirmou as ações para minimizar os efeitos da seca na Paraíba. “Quero dizer que de fato tem sido um desafio diário fazer com que as águas do São Francisco cheguem e as águas chegarão. A meta estabelecida pelo presidente Temer, pelo Ministério da Integração Nacional, é que no dia 6 de março as águas chegarão à cidade de Monteiro”, garantiu.

Os recursos liberados pelo ministro `Barbalho nesta segunda-feira se somam a outros no valor de R$ 21 milhões que serão repassados ao Governo do Estado para execução de obras hídricas. “O presidente Temer já determinou e a emenda de bancada no valor de R$ 40 milhões será impositiva, os deputados estão apenas finalizando o processo”, anunciou o ministro.

O ministro da Integração Nacional anunciou ainda que nesta quarta-feira (2) o Ministério abrirá o primeiro lote para o eixo Norte da transposição, que beneficia a Paraíba e o Rio Grande do Norte. Está projetada para o mês de dezembro a chegada da água no Rio Piranhas, beneficiando os dois Estados. O ministro Helder Barbalho também garantiu o repasse de recursos para as obras do Canal Acauã-Araçagi e que estão sendo liberados R$ 91,2 milhões. Outros R$ 157 milhões estão assegurados às obras do Canal. “Saio com a ampliação do desafio e acima de tudo da responsabilidade”, concluiu o ministro.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adriano Galdino, também ocupou a tribuna e afirmou que a alegria é grande e que o momento é de agradecer, mas aproveitou para cobrar do Governo Federal mais recursos para o Nordeste. “Está na hora da Nação brasileira pagar essa conta, e pensar em outras duas transposições, a do Tocantins e a do Rio Negro, para que cada vez tenhamos um país mais justo para todos”, lembrou.

O anfitrião do evento, o presidente da Fiep, empresário Francisco Buega Gadelha, declarou que de fato o ministro garantiu e as águas do São Francisco chegarão. “Essa é a grande satisfação, foi por tudo isto que nós lutamos desde 1990. Aqui em 1998, nós fizemos o grito das águas. Hoje temos a convicção de que as águas chegarão e isto nos deixam tranquilos”, destacou.

O deputado estadual Jeová Campos, em nome dos parlamentares presentes, entregou ao ministro Helder Barbalho um pleito cobrando ações urgentes como a retomada das obras do Eixo Norte e Eixo Leste e que o terceiro Eixo, no Vale do Piancó, seja incluído no projeto da transposição.

O procurador geral de Justiça da Paraíba, Bertrand Asfora, destacou que o destino reservou ao jovem ministro Helder Barbalho a missão de concretizar ações que culminarão com a chegada das águas do Rio São Francisco à Paraíba e sugeriu que ele seja agraciado pelo Ministério Público Estadual com a Medalha José Américo de Almeida. Uma comissão do MPE esteve em Brasília no gabinete do ministro se dispondo a colaborar com a causa da transposição de águas do São Francisco.

Antes da solenidade na Fiep, o governador Ricardo Coutinho e o ministro Helder Barbalho vistoriaram as obras em duas estações elevatórias em Pernambuco e, em seguida, na Paraíba, visitaram os açudes de Poções e Camalaú, obras que integram o projeto de integração do Rio São Francisco.

DIÁRIO DO SERTÃO com Assessoria

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan