header top bar

section content

EXCLUSIVO: advogado revela que prefeito e vice devem ser cassados pela justiça eleitoral em Sousa: “Quem venceu a eleição foi André”

A reportagem do Diário do Sertão conversou com Valberto Azevedo, que é um dos advogado de André Gadelha. Ouça aqui!

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

08/02/2017 às 14h52 • atualizado em 08/02/2017 às 14h59

A coligação “Sousa muito mais” do ex-prefeito da cidade de Sousa, André Gadelha (PMDB), moveu uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) contra o prefeito Fábio Tyrone (PSB) e o vice-prefeito Zenildo Oliveira (PSD).

O processo está concluso para ser julgado na 35ª zona eleitoral e o juiz investiga os crimes de captação ilícita de sufrágio, conduta vedada a agente público, abuso de poder econômico. Além disso, a AIJE pede a cassação de diploma, pedido de cassação de registro e pedido de declaração de inelegibilidade de Tyrone e Zenildo.

A reportagem do Diário do Sertão conversou nesta quarta-feira (08) com Valberto Azevedo, que é um dos advogado de André Gadelha e ele falou sobre os detalhes das ações contra Tyrone e Zenildo:

“Através da AIJE mostramos que os referidos candidatos distribuíram prêmios e ainda realizaram eventos com propósito eleitoreiro e a legislação impede essas condutas que serão investigadas pela justiça e não haverá outra conclusão a tomar se não cassar os mandatos desses representantes que não representam a vontade do povo soberano, mas sim a vontade viciada e corrompida a partir dessa propaganda eleitoral antecipada, desse abuso de poder econômico e distribuição de brindes em plena eleição”, disse o advogado.

Segundo Valberto, a outra ação é um recurso contra expedição de diploma:

“Essa ação foi proposta porque entre o período de registro da candidatura e o período de expedição de diploma, houve a condenação de Fábio Tyrone por prática de ato de improbidade administrativa. Então o TJPB através de uma de suas câmaras cíveis, julgou procedente a ação de improbidade administrativa movida contra Tyrone e essa condenação faz com que torne ele ilegítimo, ou seja, não deu condições de elegibilidade necessária para concorrer ao pleito”, destacou.

O advogado afirmou que a eleição foi ilegítima e quem realmente venceu as eleições foi André Gadelha:

“Não são os advogados, e sim a lei que desautorizará essa eleição ilegítima e com a soberania da justiça os mandatos de Tyrone e Zenildo serão caçados para colocar na cidade de Sousa quem realmente é o vitorioso nessas eleições que sem dúvida nenhuma é André Gadelha”, finalizou.

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan