header top bar

section content

Prefeito de São José de Piranhas tem 1ª vitória na Câmara e aprova criação de novos cargos

A criação da Secretaria de Cultura foi aplaudida por ativistas culturais da cidade que se fizeram presentes.

Por Luzia de Sousa

11/02/2017 às 09h27

Vereadores reunidos durante sessão realizada nesta quinta-feira (Radar Sertanejo)

Os vereadores aprovaram nessa quinta-feira (9), em sessão ordinária na Câmara de São José de Piranhas, projetos de lei do Executivo, que criam novas secretarias municipais e órgãos para fiscalizar e aproximar a população das ações administrativas desenvolvidas pela prefeitura, além de outros destaques que foram colocados em pauta. A reunião contou com a presença de todos os parlamentares.

+ Prefeitura cria portal da transparência e recebe reconhecimento dos órgãos fiscalizadores

Por sete votos a favor e três contra foi instituída oficialmente a Secretaria Municipal de Cultura, que antes era vinculada à Educação. A outra secretaria criada foi a de Articulação Política. Foram oito votos a favor, dois contra. Também foram aprovadas, por sete votos a favor, contra três, a criação da Ouvidoria e da Controladoria Geral do Município (CGM).

Na ocasião, também foram aprovados dois requerimentos, um do vereador Eugênio Cavalcanti (PPS), que solicita do prefeito a reforma do estádio de futebol Marconi Cruz de Lacerda e outro de Celso Gonçalves (PCdoB), solicitando uma audiência pública aprovada por unanimidade, que ocorrerá nesta terça-feira (14), para debater com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais a reforma da Previdência, cujos agricultores e a classe ruralista se posicionam contrários às mudanças que modificam os diretos da aposentadoria. Em todas as votações o “voto de minerva” do presidente não foi necessário.

Na tribuna, os vereadores Celso e Mylano (PSB) esclareceram que a Ouvidoria é um poderoso instrumento de cidadania que recebe toda e qualquer manifestação referente ao Poder Executivo Municipal, seja crítica, sugestão, reclames ou elogio. Já a CGM tem a missão de zelar pelo controle e pela correta aplicação dos recursos públicos.

A criação da Secretaria de Cultura foi aplaudida por ativistas culturais da cidade que se fizeram presentes. Dessa forma, o município poderá pleitear recursos em Brasília e apoiar eventos e movimentos culturais de forma legalizada, como por exemplo, as quadrilhas juninas.

Harmonia entre as bancadas
Durante entrevista ao portal Radar Sertanejo, o presidente da Câmara Judivan de Lima (PTB) defendeu a harmonia entre os vereadores e a boa relação entre as bancadas de situação e oposição durante os trabalhos legislativos de 2017, independente de qualquer posicionamento político. “Espero que essa harmonia seja boa e que sejamos um exemplo para a sociedade” – destacou.

Judivan destacou que todos os parlamentares terão um tratamento igualitário e seguirá o regimento interno da Casa e deixou claro que será imparcial na condução do Poder Legislativo. Ele também fez um convite à população para participar das sessões da câmara.

Assista entrevista do Radar Sertanejo com o presidente da Câmara de vereadores!

DIÁRIO DO SERTÃO Radar Sertanejo

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan