header top bar

section content

‘Filha da empregada pobre’, que ‘só serve para comer’, diz deputado

A frase foi citada pelo deputado federal Celso Jacob em uma conversa do WhatsApp fechada só para alguns parlamentares.

Por Priscila Belmont

14/03/2017 às 16h41

Celso Jacob (PMDB-RJ) © Divulgação

Uma conversa no WhatsApp entre parlamentares pode complicar a situação do deputado federal Celso Jacob (PMDB-RJ). Ele expressou todo seu preconceito em apenas uma frase, quando comentou que ministros do governo Temer não dão a ele a atenção devida. “Às vezes me sinto a filha da empregada pobre, mas gostosa. Só serve pra comer e depois nem fala”.

O colunista do jornal O Globo Lauro Jardim teve acesso a um grupo fechado de alguns deputados do PMDB. A discussão começou quando foi citado sobre parlamentares peemedebistas a respeito das novas nomeações de Temer para a Esplanada dos ministérios.

Notícia ao Minuto

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula