header top bar

section content

Jantar de Temer em churrascaria custou R$ 13,8 mil à Presidência

A ida do presidente até a churrascaria teve o intuito de amenizar a Operação Carne Fraca. Cada convidado custou, em média, R$ 200,60.

Por Priscila Belmont

21/03/2017 às 09h16

A verba para pagar essa boca-livre, que incluiu rodízio, bebidas e sobremesa, veio toda da Presidência.

O jantar oferecido pelo presidente da República, Michel Temer, a embaixadores e ministros, no último domingo (19/3), em uma churrascaria de Brasília custou R$ 13.844,29, segundo o jornal O Globo. A verba para pagar essa boca-livre, que incluiu rodízio, bebidas e sobremesa, veio toda da Presidência. Como 69 pessoas estiveram no local, cada convidado custou, em média, R$ 200,60.

A ida do presidente até a churrascaria teve o intuito de amenizar os impactos da Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal na sexta-feira (17). No pronunciamento à imprensa, feito logo antes de todos irem para a churrascaria, Temer fez questão de garantir a qualidade da carne brasileira.

A casa é famosa por oferecer cortes nobres de carnes, com origem brasileira e também importadas da Argentina, Austrália e Estados Unidos. Segundo nota do Planalto, na ocasião foram servidas apenas carnes brasileiras.

Metrópoles

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan