header top bar

section content

ABUSO DE PODER: Coligação entra com duas ações e pede ‘cabeça’ de prefeito e vice-prefeito eleitos no Sertão da Paraíba

O documento foi protocolado no dia 28 de dezembro de 2016.

Por Luzia de Sousa

21/04/2017 às 19h03

A coligação “Pra Mudar Jericó”, do ex-candidato José Wellighton (PR), protocolou duas ações na 36ª Zona Eleitoral da Comarca de Catolé do Rocha, no Sertão da Paraíba.

A primeira trata da Impugnação de Mandato Eletivo (Aime) e a outra Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije). Ambas pedem à cassação do prefeito reeleito do município de Jericó, Cláudio Oliveira (PP) e o seu vice Lauro Rosado (PSDB). O documento foi protocolado no dia 28 de dezembro de 2016.

“A Aije traz o uso da máquina pública através de programas sociais. Essas ajudas eram feitas através de cheques do próprio município com doações que variavam entre R$ 300 e R$ 400 reais. Durante o período eleitoral as ajudas chegaram a dobrar em relação aos meses anteriores. Em outubro essas ajudas cessaram”, comentou o advogado da coligação “Pra Mudar Jericó”, Neirrobisson Pedroza Júnior.

Na Aime, Neirrobisson disse que a ação traz as mesmas alegações da outra acrescentada da compra de voto de forma indireta, beneficiando famílias com empregos durante o período eleitoral o que caracteriza o uso da máquina pública com fim eleitoreiro e dilapidação do patrimônio. “Além de ser abuso de poder político e econômico é também um crime contra a democracia”, concluiu o advogado.

DIÁRIO DO SERTÃO com Sertão Nosso

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa

VÍDEO

Padre anuncia reforma da paróquia São João Bosco de Cajazeiras a avalia atuação do bispo