header top bar

section content

Vereador denuncia que prefeito de Cachoeira dos Índios realizou licitação de R$ 250 mil para trocar lâmpadas e caso gera polêmica na Câmara. VEJA VÍDEOS!

"Esse tipo de licitação está apresentando no novo governo", declarou o vereador adiantando que torce pela mudança propagada por Alan Seixas na campanha.

Por Luzia de Sousa

04/05/2017 às 18h05 • atualizado em 04/05/2017 às 18h07

O vereador José Ricarte (Feitosa-DEM), denunciou nessa quarta-feira (3), após a sessão ordinária da Câmara Municipal de Cachoeira dos Índios, que a prefeitura realizou uma licitação na ordem de R$ 250 mil para reposição de lâmpadas. A cidade tem pouco mais de nove mil habitantes, segundo o IBGE.

Veja mais!

+ População denuncia que está sem água há 15 dias e acusa prefeito de deixar o povo sofrer por não ter obtido maioria de votos na comunidade

+ Prefeito de Cachoeira dos Índios é acusado de ignorar concurso para contratar apadrinhados; Aprovados acionam MP e alegam “perseguição”

Feitosa, que é da bancada de oposição discordou do valor da licitação e disse ser muito dinheiro para troca de lâmpadas em uma cidade pequena como cachoeira dos Índios. “Não tem condições”.

Ele revelou que ainda não sabe qual foi a empresa ganhadora da licitação e que em gestões passadas nenhuma licitação para esse tipo de serviço foi realizada.

“Esse tipo de licitação está apresentando no novo governo”, declarou o vereador adiantando que torce pela mudança propagada por Alan Seixas (PSB) durante a campanha.

O outro lado
O vereador Damião Rodrigues (Júnior de Rita-DEM), mesmo sendo da situação disse que está ao lado do povo.

Júnior de Rita saiu em defesa da gestão: “Não está dizendo que a prefeitura vai gastar tudo em um mês”, explicou ele.

DIÁRIO DO SERTÃO

PROCESSO DE MIGRAÇÃO

Diretor regional na Paraíba tira todas as dúvidas sobre abertura de novas contas dos servidores estaduais no Bradesco

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview