header top bar

section content

CORRENDO FROUXO: Supersalários, nepotismo, secretários com muito “poder”, áudio do líder do governo com palavrões para aliado e “choro” dos comissionados movimentaram Cajazeiras

Comissionados de CZ que vão perder suas gratificações polpudas estão passíveis até mesmo de choque elétrico. Carrinho zero tá ameaçado de ser devolvido.

Por Luzia de Sousa

17/06/2017 às 09h27

Prefeito de Cajazeiras, José Aldemir (PP)

Fantoches
Em Cajazeiras, até os vereadores da base de sustentação ao governo de Zé Aldemir, estariam insatisfeitos ao constatarem que em duas secretarias do município os titulares não mandam absolutamente nada, mas nadica de nada mesmo, nem um pingo.

+ Prefeito de Cajazeiras responde a Vituriano, denuncia que Jr Araújo tinha Corolla e combustível bancados pela prefeitura, compara Carlos Antonio a Zé Vieira e dispara: “Bandido”

Sombras
Nestas secretarias, por trás de seus titulares, teriam pessoas com poder muito além do normal que chegaria ao ponto de impedir o acesso das pessoas para contatos com o titular e o mais grave seria o grau de nepotismo e ainda por cima o próprio prefeito estaria ouvindo mais os “sombras” do que os titulares. Cabe o velho ditado popular: “Hierarquia é como prateleira, quanto mais alta mais inútil”.

Sem valor
O vereador Jucinério Félix estaria “descontente” com alguns fatos que estariam acontecendo com relação ao que se entende como “prestigio”, depois de declarar de viva voz para quem quisesse ouvir: “é melhor ser suplente de vereador”. Suplentes de um determinado partido, ligado a um importante aliado, estariam recebendo mais benesses que os titulares. Eita mundão que não acaba mais.

Vazou
Uma mensagem de voz postada pelo vereador Jucinério Félix, utilizando uma linguagem não tão republicana, vazou e invadiu as redes sociais, principalmente os grupos de whatsapp, de forma avassaladora. O tom “explosivo” de sua fala retrata suas “insatisfações” com o grupo político que cerca o prefeito Zé Aldemir. Juju não tem papas na língua.

Língua pesada
O ex-deputado estadual, médico Antonio Vituriano de Abreu, que votou e ajudou na eleição de Zé Aldemir, voltou a “vomitar” as suas insatisfações com relação à gestão “do jeito certo”: “Zé não tem vocação para administrar”. Não é de hoje que Vituriano destila o seu veneno e já vem desde quando o prefeito fez a distribuição das “tetas” do governo e a ele não foi dado nenhuma delas.

Velhos inimigos
Para quem conhece um pouco da História Política de Cajazeiras sabe que Zé e Vituriano “nunca se bicaram” ao ponto, de no passado, as suas “querelas, brigas e fortes acusações entre si” terem ido parar nas barras dos tribunais. Neste período o cacete comia entre os dois até mesmo fora do período eleitoral e aumentava no miolo da disputa.

Vituriano rebateu declarações do prefeito de Cajazeiras

Entre a cruz e a espada
Na última eleição Vituriano tinha três opções: Gobira, Denise/Carlos Antonio ou Zé Aldemir. Subir no mesmo palanque com Carlos Antonio estava fora de cogitação, mas com Zé Aldemir havia possibilidade de um apoio para sua pretensão de ser deputado federal. Mesmo antes da posse foi dado um “cartão vermelho” e Vituriano foi colocado na “súmula” do “juiz”: suspenso do nosso time “ad perpetuam”.

“Minha culpa, minha máxima culpa”
Depois que jogou farinha no ventilador, o prefeito de Cajazeiras, Zé Aldemir, viu que tinha angu demais no prato de quase todos os comissionados da prefeitura e determinou cortes das gratificações de todos eles e também dos efetivos.

É só choro
Como estamos em pleno período junino e a preferência musical é forró de pé de serra, só cabe um chorinho para os comissionados da prefeitura de Cajazeiras que vão perder suas gratificações polpudas e tem alguns que estão em estado de loucura, passíveis até mesmo de choque elétrico, com as prestações que fizeram para pagar com esta mufufa mais avantajada. Aquele carrinho zero tá ameaçado de ser devolvido.

Júnior Araújo seria o único candidato a deputado filho de Cajazeiras

Fora os “estrangeiros”
O jovem ex-prefeito de Cajazeiras, com uma promissora vida política, quer se apresentar como único filho de Cajazeiras que se apresenta no momento como candidato a deputado estadual, os outros, disse ele: “se apresentam como nossos representantes, mas nasceram em outros municípios”. Esta mensagem tem um endereço – Paula Meireles e Jeová Campos, naturais de São Jose de Piranhas. Para quem é bairrista de morrer é uma excelente tese para conquistar votos.

Desnudou
Após a o Sagres ter tornado publico a folha dos salários dos funcionários da prefeitura de Cajazeiras, muitas “insatisfações” vomitadas pelos que se consideram “donos da vitória” de Zé Aldemir, ficaram nus, no meio da Praça da Matriz e sem ter o que contestar, porque ganham até três vezes mais do que diziam receber, a não ser que exista debaixo deste angu baba de bunda de tanajura, que torrada é uma delícia.

Farol do Sertão
Site criado recentemente em Cajazeiras é eminentemente de oposição ao governo de Zé Aldemir. Nele o cancão pia e a cotovia assovia.

Gazeta do Alto Piranhas

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!