header top bar

section content

Encontro ‘casual’ entre Janot e advogado de Joesley é o retrato da Justiça brasileira, avalia radialista

O encontro supostamente casual entre o procurador geral da República Rodrigo e o advogado do empresário Joesley Batista é considerado por muitos um escândalo

Por Jocivan Pinheiro

11/09/2017 às 16h58 • atualizado em 11/09/2017 às 17h00

O encontro supostamente casual entre o procurador geral da República Rodrigo Janot e o advogado do empresário Joesley Batista, Pierpaolo Bottini, num local que parece um boteco, mas seria uma distribuidora de bebidas, é considerado por muitos um escândalo. Apesar de ambos alegarem que o encontro foi casual, o bate-papo regado a cerveja entre Janot, que neste momento é uma das peças-chave para os interesses da operação Lava Jato, e Pierpaolo, defensor do provável próximo “delator-bomba”, representa o retrato da Justiça brasileira atualmente. Essa é a opinião do radialista Aristênio Marques no seu Direto ao Ponto da semana.

Encontro entre Rodrigo Janot e Pierpaolo Bottini

DIÁRIO DO SERTÃO

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula