header top bar

section content

VÍDEO: Ex-prefeito de Ipaumirim-CE diz que falta transparência na atual gestão e põe seu nome para 2020

“Quando a gente vai gerenciar, tem que dar prioridades”, disse o ex-prefeito

Por Jocivan Pinheiro

06/11/2017 às 16h37 • atualizado em 06/11/2017 às 16h45

Quatro vezes prefeito do município de Ipaumirim-CE, o engenheiro civil Luiz Alves, mais conhecido como “Bola de Ouro”, hoje faz oposição ao atual prefeito José Geraldo dos Santos (Dr. Geraldo – PMDB), cuja gestão é alvo de suas constantes críticas.

Em participação no programa Balanço Diário, da TV Diário do Sertão, Bola de Ouro reclamou de falta de diálogo e transparência do atual prefeito. Segundo ele, esses motivos são cruciais para o governo ser mal avaliado pela população e estar com dificuldade de realizar obras e pagar salários em dia.

“Quando a gente vai gerenciar, tem que dar prioridades”, disse o ex-prefeito. Em seguida afirmou que nas suas gestões sempre houve mais atenção para a educação, a saúde, o funcionalismo público, a agricultura e a limpeza pública. “Se você não tiver essas pilastras andando bem numa administração, o povo vai criticando”, completa.

Bola de Ouro disse ainda que tem ajudado a encaminhar pessoas doentes para atendimento médico em outras cidades. “Se estão nos procurando, alguma coisa está faltando”, frisou.

Provável candidato em 2020

Perguntado se pretende se candidatar novamente a prefeito nas próximas eleições municipais, ele afirmou que vai depender da vontade de Deus e do povo. “Se a gente levar à frente essas duas pilastras, tenho certeza que nós conversaremos sobre 2020 nessa questão da candidatura.”

CEARÁ 1

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula