header top bar

section content

Vereador agredido por deputado federal da PB presta queixa e diz ter sido atingido por socos no rosto

Vereador de Bayeux, atacado por André Amaral em sessão, ainda passou por exames de corpo de delito.

Por Luzia de Sousa

05/01/2018 às 07h38

Confusão foi registrada entre deputado federal e vereador na Câmara de Bayeux, na Grande João Pessoa (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

O vereador Betinho da RS (Podemos) agredido pelo deputado federal André Amaral (MDB) durante um depoimento na Câmara de Vereadores de Bayeux, na Grande João Pessoa, prestou queixa na delegacia da cidade. Conforme Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), o vereador informou que após ser chamado de “pau mandado do prefeito” pelo deputado, foi atingido por dois socos no rosto pelo parlamentar federal.

De acordo com o delegado da 4ª Delegacia Seccional de Bayeux, por se tratar de um crime de menor potencial ofensivo, a princípio, a apuração deve ser feita pela Polícia Civil na Paraíba mas a obrigatoriedade de enviar o caso para outras instâncias está sendo analisada, visto que se trata de um parlamentar federal envolvido.

Além do registro do caso na delegacia, o vereador foi até o Instituto de Polícia Científica, em João Pessoa, onde passou por exames de corpo de delito. O deputado ainda dever ser chamado para depor, mas como tem prerrogativas, André Amaral pode escolher dia e hora para comparecer a delegacia, segundo o delegado Magno Toledo.

A agressão ocorreu durante depoimento do deputado federal André Amaral no processo que pede a cassação do prefeito interino de Bayeux, Luiz Antônio (PSDB). O deputado se sentiu ofendido por uma pergunta feita pelo vereador Betinho da RS, se levantou e atacou com socos. O momento do agressão foi filmado por uma testemunha que acompanhava a sessão.

O procurador da câmara, o advogado Aécio Farias tentou controlar a situação e mesmo sem a presença do vereador, após a confusão, a sessão continuou e o deputado terminou o depoimento. O deputado é uma das testemunhas de acusação e o depoimento dele ocorreu na quarta-feira (3) na sede da Câmara.

Em vídeo publicado em suas redes sociais, o deputado André Amaral afirma que o vereador Betinho da RS vem “reiteradamente tentando desconstruir sua imagem” e que durante o depoimento teria dito que ele era um “deputado de meia tigela”. O deputado encerra o vídeo se referindo ao vereador como “capacho de prefeito” e dizendo que “não é de brigas, mas que defende sua honra”.

O depoimento do prefeito interino, que é investigado por corrupção, também estava marcado para acontecer sessão da quarta-feira (03), mas o prefeito informou que tinha se submetido a uma cirurgia de catarata pela manhã, e o depoimento dele foi adiado. O prefeito interino de Bayeux, Luiz Antônio, assumiu a gestão do município após o prefeito Berg Lima (sem partido) ter sido afastado e preso, ao ser flagrado em vídeo pedindo pagamento de propina para empresário.

Anulação de depoimento
Na sessão desta quinta-feira (4) na Câmara de Vereadores de Bayeux, o vereador Betinho da RS pediu a anulação do depoimento de André Amaral para comissão processante por conta da agressão, mas o pedido foi rejeitado no plenário da Câmara.

G1

Tags:
ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa

VÍDEO

Padre anuncia reforma da paróquia São João Bosco de Cajazeiras a avalia atuação do bispo