header top bar

section content

Lira anuncia data para assinatura da Ordem de Serviço da duplicação da BR 230 entre Cajazeiras e Campina

O primeiro trecho compreende Campina Grande e a Comunidade Farinha (Praça do Meio do Mundo).

Por Luzia de Sousa

06/01/2018 às 08h09

Senador Raimundo Lira (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

O Senador Raimundo Lira (MDB) anunciou para o dia 22 deste mês a assinatura da Ordem de Serviço para o início da execução das obras de duplicação da BR 230, no trecho que compreende Campina Grande e a Comunidade Farinha (Praça do Meio do Mundo). Este é o primeiro trecho do projeto total, que prevê a duplicação da rodovia entre Campina Grande e Cajazeiras.

A confirmação do dia 22 de janeiro foi feita pelo próprio Senador, em suas redes sociais, após receber um telefonema do Ministério dos Transportes, com a informação oficial da agenda. A obra, cujo contrato do consórcio que vai executar os serviços já foi assinado, compreende a duplicação de um trecho de aproximadamente 32 quilômetros, num investimento de R$ 367.900.000,00.

“São quase 32 quilômetros de duplicação, numa obra que tem um investimento de quase R$ 400 milhões. Campina Grande e a Paraíba estão de parabéns com esta grande obra de infraestrutura, que vai fortalecer a economia do nosso Estado”, disse Lira, no vídeo que postou na internet e que segue anexo neste e-mail.

Raimundo Lira fez questão de frisar a importância e a grandeza do projeto que, neste primeiro trecho, contempla também a construção de três grandes viadutos, interligando a duplicação aos acessos a Campina Grande, facilitando o tráfego de veículos.

DIÁRIO DO SERTÃO com assessoria

CALDEIRÃO POLÍTICO

Radialista comenta a polêmica união do Prefeito de São João do Rio do Peixe com Ricardo Coutinho. VEJA

CASOS QUASE PERDIDOS

VÍDEO: Médico cajazeirense relata ‘milagres’ na sala de cirurgia que ‘resgataram’ pacientes da morte

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

A divindade de Cristo e do Espirito Santo é bíblica? Programa Evangélico tira dúvidas em relação ao tema

EX-POLICIAL MILITAR

VÍDEO: Antes de virar pastor, ex-policial diz que matava pessoas porque resolveu “tomar o lugar de Deus”