header top bar

section content

veja mais Região de Cajazeiras

Prefeita elogia empresários pelo carnaval e declara que preço em Cajazeira é ‘simbólico’

Denise Albuquerque elogiou os empresários que vão realizar o evento pela ousadia na formatação da grandiosa festa momesca

Por

25/01/2016 às 17h00

Prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque

Em entrevista a Rádio Alto Piranhas nesse final de semana, a prefeita Denise Albuquerque (PSB) comentou sobre o carnaval de Cajazeiras e assegurou que o preço cobrado por dia , no valor de R$ 10 é um valor simbólico. “Em outras cidades o valor é bem maior”.

Denise Albuquerque elogiou os empresários que vão realizar o evento pela ousadia na formatação da grandiosa festa momesca.  “Está de Parabéns Tico e Erivan Morais pela coragem e ousadia”.

 A prefeita disse acreditar no sucesso do evento, que desde o início da sua gestão vem acontecendo na Agrovila.

VEJA TAMBÉM

► Zé repudia comentários ‘maldosos’ e declara: “Carnaval de 2017 será feito pela oposição”

► Professor universitário denuncia prefeitura, MP e empresário por máfia do Carnaval

► Vereador acusa autoridades de acabarem com o carnaval de Cajazeiras; Advogado completa: ‘MP sepultou e instaurou Toque de Recolher em Cajazeiras’

Denise Albuquerque lembrou o carnaval do frevo e do rock, que acontecem na Praça da Prefeitura, além de elogiar os representantes dos blocos de Cajazeiras.

Ela reforçou ainda que a prefeitura não está investindo dinheiro público na realização do carnaval.

Ouça áudio da Rádio Alto Piranhas!

DIÁRIO DO SERTÃO

CAMPEONATO PARAIBANO

VÍDEO: Com estádio superlotado, Atlético de Cajazeiras joga mal e é goleado pelo Botafogo de João Pessoa no primeiro jogo da semifinal

TROVEJOU EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Com novo treinador, Atlético vence Inter, volta ao G4 e vai para última rodada decidir vaga com time de Campina

FERVENDO

Oposicionista de Sousa aponta erros de André que o fizeram freguês de Tyrone, cobra redução da taxa, revela seu pecado e dispara: “Palhaçada”

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Juiz sousense que atuou em Uiraúna e Cajazeiras conta os bastidores dos processos da morte de gerente de banco e da chacina dos três menores – VÍDEO!