header top bar

section content

Gobira não aceita rejeição dos cajazeirenses e silêncio dos aliados do deputado Zé Aldemir estão na Faisqueira

O governador Ricardo Coutinho já teria demonstrado por mais de uma vez que seria difícil aceitar o nome do atual vice-prefeito de Cajazeiras, Júnior Araújo.

Por

11/01/2016 às 17h38

Veja mais!

► Na frente: Pesquisa destaca dois vereadores de Cajazeiras para eleição de 2016. LISTA!

► Sai primeira pesquisa oficial para prefeito de Cajazeiras; Gobira e Denise lideram rejeição

Pesquisa Datavox/Gazeta
É difícil uma pesquisa de opinião pública envolvendo questões políticas agradar a todos os partidários. A Datavox contratada pelo Gazeta foi alvo de muitas críticas, feitas principalmente pelas oposições de Cajazeiras, dentre elas a do ex-deputado Antonio Vituriano de Abreu, através de uma rede social sobre o Gazeta: “mesmo sabendo da parcialidade que lhe é peculiar…”

Pesquisa Datavox/Gazeta 2
Mas, mesmo assim, defendeu que os números divulgados “obriga-nos a debatermos com intensidade a quem os sufrágios dos votantes da cidade devam ser depositados”. Nesta mesma postagem faz um alerta à população sobre a escolha dos futuros vereadores: “há anos a cidade de padre Rolim espera por melhores nomes”. Vituriano seria um bom candidato a vereador. 

Pesquisa Datavox/Gazeta 3
O pré-candidato a prefeito de Cajazeiras, o sapateiro Antonio Gobira, não acreditou nos números que o colocaram em terceiro lugar na intenção de votos para prefeito de Cajazeiras e afirmou com muita propriedade que estava em primeiro lugar, mas não apresentou nenhuma pesquisa para contrapor/demonstrar o que afirmava.

Pesquisa Datavox/Gazeta 4
A pesquisa não “valeu” pra ele enquanto citado pra prefeito, mas aproveitou os números da avaliação da administração municipal que foram desfavoráveis e que serviram para reforçar suas críticas à prefeita Denise. Para ele a pesquisa tem uma banda que lhe serve e outra que rejeita. Não dá para entender.

Perguntas que precisam de respostas
Indagados se votariam em José Aldemir para deputado estadual, em 2018, já que não votariam no mesmo como candidato a prefeito de Cajazeiras, em 2016, os vereadores Nilson Lopes Meireles, Léa Silva, Ivanildo Dunga, Eriberto e Antonio Galego estão dando calado como respostas.

Novos agregados
O deputado estadual Jeová Campos sabiamente quando percebeu que havia algumas ovelhas desgarradas, de imediato procurou abrigá-las. O primeiro foi o vereador Marcos Barros, que havia rompido com José Aldemir e depois os “desamparados” de Vituriano de Abreu que saiu derrotado nas urnas: Cléber Lima, Lindemberg e Humberto Pessoa.

Novos agregados
E entre idas e vindas sobraram para José Aldemir os vereadores Neguim do Mondrean, Marcos do Riacho do Meio, Jucinério e Neto da Vila Nova. Neguin, Marcos do Riacho do Meio e Neto da Vila Nova já subiram em todos os palanques da cidade, enquanto Jucinério só não subiu até agora no palanque da situação. 

Descontente
O ex-vereador e atual suplente, Raimundo Lira, teria sido convidado para se filiar a um determinado partido, mas teria declarado: “não sei se serei candidato, porque sequer fui  citado na pesquisa Datavox/Gazeta”. E como consolo ouviu: é melhor não aparecer porque seus concorrentes/inimigos não vão atrás dos seus votos.

Dinheiro sobrando
O deputado estadual José Aldemir, por falta de grana não deixará de ser candidato a prefeito de Cajazeiras. Comenta-se a boca miúda nos bastidores da política que se ele aceitar um determinado nome como seu candidato a vice, dois milhões de reais seria a cota para as despesas iniciais. Não só o deputado José Aldemir tremeu na base, mas todos os seus aliados que  teriam presenciado a conversa.

Sem festa
A crise bateu também no bolso do deputado estadual Jeová Campos, que há oito anos celebrava o seu aniversário com uma grande festa em praça pública, mas este ano não teve sequer, na Avenida Juvêncio Carneiro, uma banda cabaçal para tocar parabéns pra você. 

Birra
O governador Ricardo Coutinho já teria demonstrado por mais de uma vez que seria difícil aceitar o nome do atual vice-prefeito de Cajazeiras, Júnior Araújo, como possível parceiro de Denise nas eleições municipais deste ano. Relembrando: Júnior Araujo não votou em Ricardo para governador e por isso ainda o tem atravessado na garganta e estaria querendo “queimá-lo”, mas Carlos e Denise continuam defendendo o seu nome. 

Do Gazeta do Alto Piranhas

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires