header top bar

section content

Pré-candidato chama ex-prefeita de ditadora e diz que apenas um prefeito pagou em dia

De acordo com Salviano Leite, há 40 anos os mesmos grupos políticos – que ele chamou de oligarquias - dominam Piancó

Por

08/12/2015 às 16h34

O pré-candidato a prefeito de Piancó, Salviano Leite (PTB), soltou uma bomba durante entrevista à TV Diário do Sertão no último final de semana, mostrando que os embates políticos durante as campanhas em 2016 prometem.

Segundo ele, há 40 anos os mesmos grupos políticos – que ele chamou de oligarquias – dominam o município, e nesse período apenas um prefeito (Paulo Cavalcante) pagou os salários dos servidores públicos municipais em dia.

Piancó há 40 anos é a mesma cidade. Aqui o funcionalismo público, pasmem, só houve um prefeito que pagou em dia. Inclusive o atual prefeito está há dois meses sem pagar certas categorias”, revelou.

Salviano disse que foi traído pelo atual prefeito, Sales Lacerda, cuja candidatura ele defendeu em 2012 e até abriu mão da sua. Ressentido, ele descartou qualquer possibilidade de se unir a ele novamente.

“Vários candidatos aqui renunciaram à pré-candidatura, inclusive eu, para ver se ele conseguia fazer um bom governo, mas ele tem as mesmas práticas de Flávia [Flávia Galdino, ex-prefeita]: ganha a eleição com os amigos e governa com os inimigos”, disse.

Num bate-bola com o repórter Petson Santos sobre que nota dá ao atual prefeito e à ex-prefeita, Salviano deu nota 6 a Sales e nota 5 a Flávia, e em seguida completou afirmando que ela era ditadora. “Ele foi, em certo tempo, melhor que ela, foi mais democrático, porque ela era uma ditadora.”

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula