header top bar

section content

Acusado de usar dinheiro público em encontro gay, vereador desmente radialista e desafia. VÍDEO!

O Jornal da Paraíba fez um levantamento nesse final de semana dos vereadores mais gastadores da Paraíba, entre janeiro e agosto deste ano

Por

03/12/2015 às 14h00

O Jornal da Paraíba fez um levantamento nesse final de semana dos vereadores mais gastadores da Paraíba, entre janeiro e agosto deste ano. Em Cajazeiras ocuparam o topo da lista: Marcos Barros (PSB), Lindberg Lira (PTB), Alysson Américo (PT) e Kléber Lima (PTB). Segundo o Sistema de Acompanhamento e Gestão dos Recursos da Sociedade (Sagres), do Tribunal de Contas, somente até o mês de agosto, a Câmara de Cajazeiras gastou R$ 120 mil somente com pagamento de diárias e lidera os gastos no Estado. 

Veja mais:

► Prefeita de Cajazeiras descarta realização do carnaval 2016 público e revela que não sabe se haverá evento

► Instituições de caridade de Cajazeiras devem receber mais de mil toneladas de arroz do "Carnaval da Solidariedade"

Em 2013 os gastos atingiram R$ 111.600, mas este ano, os vereadores já gastaram 26,3% a mais do que o ano passado. O vereador que menos gastou foi Jucinério Felix (PPS), que chegou a usar R$ 3 mil em diárias para custear despesas num evento de saúde pública em São Paulo.

O vereador foi denunciado na imprensa da capital e acusado de ter usado os recursos do poder legislativo para um Encontro Nacional de Articulação Gay. Jucinério Félix participou do programa Olho Vivo da TV Diário do Sertão e Rádio Arapuan FM, desmentiu a informação e acusou o empresário e radialista Fabiano Gomes de querer ‘manchar’ sua imagem de político honesto. “Sabemos Fabiano Gomes é ligado ao grupo da prefeita. Esse é o preço que pagamos por oposição. Ele quer denegrir a minha imagem”.

Jucinério Félix ainda desafiou o radialista a prestar contas das mais de mil toneladas de arroz, arrecadados no carnaval de Cajazeiras deste ano, que foi realizado pela empresa de Fabiano Gomes. A quantidade de arroz foi divulgada pela assessoria do evento momesco, em 18 de fevereiro. O radialista garantiu na época, que a distribuição do alimento seria realizado no mês de dezembro deste ano.

Veja texto da assessoria!   

Jucinério explicou que o evento que participou em São Paulo foi a convite da “Arte Gay”, mas o encontro nacional foi organizado pelo Ministério da Saúde, para discutir o aumento das doenças sexualmente transmissíveis, especialmente a AIDS, entre os jovens e adolescentes.

Repúdio

O presidente da Casa Otacílio Jurema, Nilson Lopes (Nilsinho-PSD), aliado da prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque (PSB), defendeu o oposicionista e garantiu que as diárias pagas ao vereador foram legítimas, e ele prestou contas de tudo que foi gasto. “Isso é uma polêmica besta.

Jucinério Félix só vai para evento documentado. Ele participou do evento do Ministério da Saúde, para discutir o aumento da AIDS no Brasil”
Indignado, o presidente da Câmara de Cajazeiras declarou que o site que fez a publicação contra Jucinério Felix, quis denegrir a imagem do vereador. “Jucinério não merece passar por isso. Ele está totalmente documentado”.

Os vereadores Alisson Lira (Neguim do Mondriam-PTB) e Neto Damacena (Neto da Vila Nova-PPL), prestaram solidariedade ao colega e disseram que o preço que se paga por fazer oposição em Cajazeiras é muito alto, inclusive 

Ouça áudio da Rádio Arapuan FM!

DIÁRIO DO SERTÃO

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares