header top bar

section content

Ex-candidato a prefeito de CZ expõe motivos de abandonar PT e destaca faculdades. Vídeo

Sobre a construção do novo fórum, a implantação da Justiça Federal em Cajazeiras, o advogado disse que isso virá com o tempo.

Por

24/11/2015 às 15h52

O ex-candidato a prefeito de Cajazeiras e atual coordenador do curso de Direito da FASP, o advogado Joaquim Alencar, em entrevista a TV Diário do Sertão falou da sua saída do Partido dos Trabalhadores e sobre o avanço na educação na Terra do Padre Rolim.

Sobre a construção do novo fórum, a implantação da Justiça Federal em Cajazeiras, o advogado disse que isso virá com o tempo, pois as faculdades da cidade estão se consolidando agora. “Com certeza virão”.

Veja também:

FASP inaugura Núcleo de Prática Jurídica que leva o nome de advogado de Cajazeiras. Veja!

FASP e ISEC realizam semana de eventos de educação e economia com palestra de famoso educador. ASSISTA!

Curso de Administração de Cajazeiras ganha centro acadêmico e traz novidades para surdos

O cajazeirense explicou que a cidade conseguiu a Justiça Federal e até a Junta do Trabalho primeiro que Cajazeiras graça a faculdade de Direito. “A faculdade é um celeiro. Isso é um vetor. Cajazeiras é um vetor multiplicado por dois”, e defendeu a união das duas instituições: “É preciso nos irmanarmos  nessa luta”.

PT
Candidato a prefeito pelo PT, ele disse que deixou o partido em 1992 e justificou: “Sai naquela época porque senti que o partido estava perdendo o rumo”.  De acordo com o ex-partidário, o poder “fez mal ao PT”.
 
DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Em Continência ao Senhor Jesus com a participação dos membros da Igreja Batista Nacional

XEQUE-MATE

Xeque Mate recebe roteirista e atores do filme cearense e independente “Os Olhos de Alice” ; CONFIRA!

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Samita e Dimas Andriola

RESUMÃO DA RODADA

Diário Esportivo lista principais acontecimentos da oitava rodada do Campeonato Paraibano