header top bar

section content

Prefeito do Sertão é acusado de abandonar a cidade para realizar festa pública com grandes bandas de forró

Em contato com a reportagem do Diário do Sertão, o chefe de Gabinete da prefeitura, Edvaldo Júnior explicou que a festa faz parte de uma tradição

Por

09/11/2015 às 18h00

Prefeito de Piancó, Sales Lima

O portal Folha do Vali denunciou nesta segunda-feira (9), que o prefeito da cidade de Piancó, Sertão do estado, Sales Lima (PRB) havia ignorado o colapso no sistema de abastecimento d’água da cidade para comemorar com festa pública os 267 anos de fundação do município, que ocorreu nesse domingo (8).

Segundo o noticioso, apesar da calamidade, a prefeitura teria contratado Capilé, Vicente Nery e Flor de Lótus para animar a população em show público, além de lamentar os altos custos com esse tipo de evento.

De acordo com portal, o prefeito, que é pré-candidato à reeleição, não teria muita preocupação com a longa seca nem com a crise econômica instalada no país.

Veja também:

Sertão: Vereador e esposa são denunciados por receberem Bolsa Família indevidamente

Resposta
Em contato com a reportagem do Diário do Sertão, o chefe de Gabinete da prefeitura, Edvaldo Júnior explicou que a festa faz parte de uma tradição da cidade.

Edvaldo Júnior reconheceu a crise econômica e hídrica, mas ressaltou que o reservatório local vai garantir o abastecimento até o mês de dezembro. “Apesar da crise, a festa constitui fonte de renda para a população, além de fazer circular dinheiro no mercado, pois o evento é prestigiado por toda região”.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula