header top bar

section content

Tyrone rebate declarações do prefeito sobre a UPA e antecipa possível vice para 2016

Ele voltou a criticar a atual administração da cidade sorriso e disparou: “É uma calamidade, nem os serviços básicos funcionam”

Por

26/10/2015 às 17h07

O ex-prefeito da cidade de Sousa, Fábio Tyrone (PSB) rebateu as críticas do prefeito André Gadelha (PSB) sobre a polêmica da Unidade de Pronto Atendimento, inaugura duas vezes, porém, sem funcionar.

De acordo com declarações do ex-gestor sousense, a UPA ficou pronta ainda na sua gestão, além de R$ 500 mil nas contas da prefeitura para André Gadelha abrir o serviço de saúde.

“Minha responsabilidade pereceu quando acabou minha gestão e ele por má fé e incompetência não abriu a UPA”. Alfinetou o ex-prefeito
 
Tyrone voltou a criticar a atual administração da cidade sorriso e disparou: “É uma calamidade, nem os serviços básicos funcionam”

Veja mais!

 Prefeito disse que sentiu vergonha em ver Sousa na Globo por desvio de verba da UPA​

 Em Cajazeiras funciona, mas Sousa amarga sem atendimento na UPA após inaugurada 2 vezes; São Bento na lista

Sou limpo
O socialista destacou que suas contas foram aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado e não tem qualquer processo contra ele de desvio de recursos públicos. “Não desviei R$ 1 sequer do dinheiro público”

O ex-gestor aproveitou para dá mais uma alfinetada em André Gadelha: “Estamos retrocedendo. Semana passada cortaram a energia da prefeitura por falta de pagamento”

Unidos?
Quanto as eleições do próximo ano, o ex-prefeito não descartou a possibilidade de união com o vice-prefeito Zé Célio (PPS), que já se colocou como pré-candidato a prefeito.

“Sempre enalteci a pessoa de Zé Célio. Tivemos seu apoio em 2008 e ele é uma pessoa preocupada com o bem de Sousa. Pode haver união porque Zé Célio também é amigo do governador Ricardo Coutinho”. Antecipou Tyrone

DIÁRIO DO SERTÃO

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar