header top bar

section content

Por unanimidade: Tribunal Regional Eleitoral reforma sentença que cassava prefeito de Santa Helena. Veja!

De acordo com o advogado Johnson Abrantes, a condenação do prefeito em primeira instância se baseou em prova testemunhal isolada e contraditória.

Por

22/10/2015 às 18h57

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, por unanimidade de votos reformou nesta quinta-feira (22) a sentença de 1ª instância imposta pelo juiz da 37ª Zona Eleitoral, que havia cassado o mandato do prefeito municipal de Santa Helena, Emanuel Messias (PSD).

Seguindo o parecer da Procuradoria Regional Eleitoral, o relator do processo, o Juiz Breno Wanderley César Segundo votou no sentido de tornar sem efeito a pena de cassação aplicada ao prefeito, por entender que a denunciada compra de votos não foi comprovada. O entendimento do relator foi seguido pela unanimidade dos juízes votantes.

De acordo com o advogado Johnson Abrantes, a condenação do prefeito em primeira instância se baseou em prova testemunhal isolada, contraditória e desprovida de isenção, não sendo cabível a cassação de um mandato popular sem elementos robustos que indiquem a compra de votos.

Leia também:

► Após festa em Santa Helena cerca de 15 pessoas, entre elas crianças, tiveram que ser transferidas para Hospitais de Cajazeiras

“Cassação é coisa séria. Não se pode desconstitui um mandato conferido pela maioria da população com base em prova testemunhal isolada e confiada a aliados políticos. A Justiça Eleitoral está atenta a isso”, afirmou o advogado.

DIÁRIO DO SERTÃO 

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!