header top bar

section content

Por unanimidade: Tribunal Regional Eleitoral reforma sentença que cassava prefeito de Santa Helena. Veja!

De acordo com o advogado Johnson Abrantes, a condenação do prefeito em primeira instância se baseou em prova testemunhal isolada e contraditória.

Por

22/10/2015 às 18h57

Justiça reforma sentença do prefeito Emanuel

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, por unanimidade de votos reformou nesta quinta-feira (22) a sentença de 1ª instância imposta pelo juiz da 37ª Zona Eleitoral, que havia cassado o mandato do prefeito municipal de Santa Helena, Emanuel Messias (PSD).

Seguindo o parecer da Procuradoria Regional Eleitoral, o relator do processo, o Juiz Breno Wanderley César Segundo votou no sentido de tornar sem efeito a pena de cassação aplicada ao prefeito, por entender que a denunciada compra de votos não foi comprovada. O entendimento do relator foi seguido pela unanimidade dos juízes votantes.

De acordo com o advogado Johnson Abrantes, a condenação do prefeito em primeira instância se baseou em prova testemunhal isolada, contraditória e desprovida de isenção, não sendo cabível a cassação de um mandato popular sem elementos robustos que indiquem a compra de votos.

Leia também:

► Após festa em Santa Helena cerca de 15 pessoas, entre elas crianças, tiveram que ser transferidas para Hospitais de Cajazeiras

“Cassação é coisa séria. Não se pode desconstitui um mandato conferido pela maioria da população com base em prova testemunhal isolada e confiada a aliados políticos. A Justiça Eleitoral está atenta a isso”, afirmou o advogado.

DIÁRIO DO SERTÃO 

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o professor Sérgio Cunha divulgando o IV Open paraibano de Karatê; Confira!

CASA NOVA

Locutor esportivo troca de emissora de rádio em Cajazeiras e revela mágoa: “Tomei uma pancada violenta”

NOVIDADES

VÍDEO: Novo padre da Paróquia São João Bosco confirma que pretende revitalizar a Praça Camilo de Holanda