header top bar

section content

Jovem é encontrada morta na porta de casa; namorado é o principal suspeito do crime

O delegado destacou que, apesar de ter uma relação conturbada, o casal, que estava junto há cerca de dois anos, tentava uma reconciliação.

Por

08/09/2015 às 15h12

Uma jovem de 25 anos foi encontrada morta na porta de casa na cidade de Castilho, em São Paulo. De acordo com a Polícia Civil, o principal suspeito de ter assassinado Tamires Alves da Silva é o namorado, Edson Ferreira Alencar, de 20 anos.

A vítima foi morta com uma facada embaixo da axila. Tamires, segundo a polícia, já havia registrado queixa contra o suspeito. Agentes da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) realizam diligências na manhã desta terça-feira no bairro Leão 1, onde o crime ocorreu, para colher informações e localizar o homem, que está foragido.

De acordo com o delegado-titular da DIG, Tadeu Aparecido Coelho, houve uma briga entre o casal na noite desta segunda-feira, antes do crime. Naquele momento, os quatro filhos de Tamires – de 9, 8, 5 e 2 anos – teriam fugido para a casa do vizinho, que os levou para a casa da avó.

O delegado destacou que, apesar de ter uma relação conturbada, o casal, que estava junto há cerca de dois anos, tentava uma reconciliação.

– Ainda não sabemos o horário exato do crime. Sabemos que ela foi atacada dentro de casa, provavelmente na cozinha ou na área, onde havia marcas de sangue. Depois que levou a facada, deve ter corrido para buscar socorro, mas acabou morrendo no portão da casa – relatou o delegado, detacando que os dois viviam na cidade de Mirandópolis, mas mudaram-se para Castilho há cerca de um ano.

Do Extra

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula