header top bar

section content

Debates acalorados e discursos quentes ‘forçam’ pronunciamento do presidente da câmara de Cajazeiras

Em entrevista à Rádio Arapuan FM de Cajazeiras, Nilsinho concordou que sua experiência tem ajudado no desafio de comandar a casa.

Por

11/05/2015 às 07h00

Nilson Lopes faz pronunciamento em Cajazeiras

Neste primeiro período legislativo de 2015, os vereadores de situação e oposição têm travado discussões bastante acaloradas no plenário da Câmara Municipal de Cajazeiras, ficandoa cargo do presidente a árdua missão de contornar esses debates e até suavizar as rusgas que sobram após as sessões. Para um vereador com larga experiência no poder legislativo e que durante sua trajetória conquistou o respeito dos dois lados, essa missão se torna um pouco menos complicada.

É o caso do atual presidente Nilson Lopes Meireles Filho (Nilsinho – PSD), que está no seu sétimo mandato consecutivo como vereador, na sua segunda gestão como presidente e é atualmente o parlamentar mais velho em atividade na Câmara.

Veja mais: 

● Em CZ: Vereadores denunciam fechamento da Fazenda Esperança; Oposição diz que prefeitura paga aluguel

● Prefeita descarta realização do Xamegão em Cajazeiras e diz: "Gestão não tem condições"

 Empresa explica troca de arroz por entrada no Carnaval de Cajazeiras; ingresso pode ser adquirido na hora do evento

● Gobira promete manter carnaval, resgatar ‘Xamegão’ de Cajazeiras e responde a ex-prefeito sobre ficha suja; 'Eu posso ele não' 

● Exclusivo: Prefeito revela bandas do São João, discute seca e diz que festa só deve acontecer se a população aprovar o evento. Vote aqui!

Em entrevista à Rádio Arapuan FM de Cajazeiras, Nilsinho concordou que sua experiência tem ajudado no desafio de comandar a casa. E garantiu que, mesmo sendo da situação, tem se posicionado de maneira estritamente democrática nos embates e nas votações de requerimentos e projetos de leis.

“Os 15 vereadores tem aquela participação importante de poder transmitir para o povo de Cajazeirasas reivindicações propostas pelo poder legislativo para a prefeita. A atuação deles é importante e eu trabalho em conjunto com os 14 vereadores. Eu não tenho esse negócio de dizer que fulano é da oposição, cicrano é da situação. Nós trabalhamos em conjunto, porque aquele poder representa Cajazeiras”, declarou.

Nilsinho lembrou que foi eleito duas vezes para a presidência da Câmara por unanimidade, ou seja, com votos da situação e da oposição. E destacou a importância da oposição, formada hoje por apenas três vereadores (Jucinério Félix – PROS, Neguin do Mondrian – PDT e Marcos do Riacho do Meio – PT), para manter o mínimo equilíbrio de forças.

“Eu fui eleito e reeleito pelos 15 vereadores. Oposição e situação têm que existir. E o trabalho dos meninos da oposição é um trabalho digno e respeitado. E o trabalho da situação também. Aquele poder não é meu. Aquele poder é dos colegas vereadores. Nós estamos ali de passagem. Amanhã vem outro presidente. E eu sou altamente grato pelos 14 vereadores que votaram comigo nessas duas gestões.”

Da Assessoria

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada