header top bar

section content

Prefeito de Uiraúna recorre da decisão de cassação e contesta; “Nepotismo não cabe cassação”

A assessoria do gestor informou que a condenação de Bosco Fernandes foi por nepotismo

Por

07/05/2015 às 11h16

Prefeito Bosco Fernandes, de Uiraúna

O prefeito da cidade de Uiraúna, Bosco Fernandes (PSB), através da assessoria jurídica, vai recorrer ao Tribunal de Justiça da decisão de 1ª instância, que pede o afastamento do prefeito do cargo e a posse ao vice-prefeito, Segundo Santiago (PTB).

A decisão foi do juiz da Comarca local, Philippe Guimaraes Padilha Vilar, da Comarca da cidade, nessa terça-feira (05), alegando improbidade administrativa.

O juiz notificou o presidente  da Câmara, Joaquim Marcelino de Lira Neto (PSB) para dar posse ao vice-prefeito eleito, porém, a assessoria do prefeito informou nesta quarta-feira (06), que Bosco Fernandes ainda não foi notificado.

A assessoria do gestor informou que a condenação de Bosco Fernandes foi por nepotismo, que não cabe cassação de mandato, mas os advogados já estão cuidando do caso para reverter o quadro.

O prefeito foi eleito com 53% dos 11.432 eleitores do município. 

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan