header top bar

section content

Há quase dois anos fechada, prefeito de Sousa anuncia data para reinaugurar UPA

André Gadelha informou que os serviços de recuperação da UPA já foram iniciados e já há recursos garantidos para comprar os equipamentos.

Por

04/03/2015 às 15h17

O prefeito de Sousa, André Gadelha (PMDB), anunciou nesta quarta-feira (04), a reforma da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do município.

Inaugurada em dezembro de 2013, a UPA nunca chegou a funcionar, pois apresentou vários problemas na sua estrutura física e André Gadelha resolveu investir R$ 149. 345,42, para concretizar o antigo sonho dos sousenses em ver a unidade servindo a população.

O prédio que custou R$ 1,5 milhão e tem capacidade para atender 120 mil pessoas, se encontra com vários problemas de infraestrutura, como rachaduras nas paredes, infiltrações, falta de equipamentos como extintores e tubulações. 

André Gadelha informou que os serviços de recuperação da UPA já foram iniciados e já há recursos garantidos para comprar os equipamentos.

“Vamos licitar dentro desses 30 dias a compra desses equipamentos e acredito que no mais tardar 90 dias a UPA estará pronta e equipada para ser realmente inaugurada em Sousa”. Comemorou o peemedebista

O prefeito destacou que ficou entre os cinco municípios da Paraíba que investiu em saúde. “Investi 22% quando minha obrigação é apenas 15%”.

24 horas
A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) funciona 24 horas por dia, sete dias por semana e podem resolver grande parte das urgências e emergências, como pressão e febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame. Com isso ajudam a diminuir as filas nos prontos-socorros dos hospitais.

A UPA inova ao oferecer estrutura simplificado, com raios-X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação.  Nas localidades que contam com UPA, 97% dos casos são solucionados na própria unidade. Quando o paciente chega às unidades, os médicos prestam socorro, controlam o problema e detalham o diagnóstico. Eles analisam se é necessário encaminhar o paciente a um hospital ou mantê-lo em observação por 24 horas.

Você pode gostar: UPA de Sousa: MPF ajuíza ação contra ex-prefeito, dois engenheiros e empresa que construiu o prédio. Confira! 

Procurador diz que inauguração da UPA de Sousa não passou de cunho eleitoreiro. Vídeo! 

UPA de Sousa: MPF recomenda bloqueio de R$ 200 mil da festa de São João da cidade; procurador explica caso!

Veja a reportagem completa da TVDS!

DIÁRIO DO SERTÃO 

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares