header top bar

section content

Artista denuncia o fechamento de Secretaria; “É um absurdo e uma afronta à classe artística”

O secretário Agnaldo Cardoso nem a prefeita Denise Albuquerque se pronunciaram sobre o caso em Cajazeiras. Veja vídeo!

Por

25/02/2015 às 07h05

  

O artista Joel Santana usou as redes sociais nessa terça-feira (24) para denunciar o fechamento da Secretaria de Cultura de Cajazeiras (SECULT).

Segundo informações de Joel Santana, procurou a secretaria por três vezes e em nenhuma delas encontrou as portas abertas.

Indignado, pois teria que entregar seu projeto para financiamento através do fundo municipal de cultura, ele declarou que a pasta local não funciona mais.

“Pela terceira vez vou aquele recinto e o mesmo se encontra fechado e mais, em horário de expediente. Isso é um absurdo e afronta à classe artística”. Postou ele.

Joel Santana também pediu providências a prefeita Denise Albuquerque (PSB), para solucionar a questão, pois a terra do padre Rolim é conhecida como a “Terra da Cultura”.

O outro lado
Procurado pela reportagem, o secretário Agnaldo Cardoso não foi localizado para explicar o caso. A prefeita Denise Albuquerque também não se pronunciou sobre o assunto.

Veja vídeo gravado pelo artista!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
ENTREVISTA

No Xeque-Mate, corretor avalia que Cajazeiras é melhor do que Sousa para investir no mercado imobiliário

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”