header top bar

section content

Justiça condena ex-prefeito de Cajazeiras a oito anos de inelegibilidade; vice não sofreu penalidades

De acordo com a decisão do órgão, o ex-prefeito da cidade de Cajazeiras está impedido de disputar qualquer cargo eletivo no período de oito anos. Veja!

Por

10/02/2015 às 18h21

Ex-prefeito é condenado pelo TRE. Veja

O juiz da 42ª zona eleitoral, Francisco Hilton de Luna Filho julgou procedente nesta terça-feira (10), a Ação de investigação Judicial Eleitoral (AIJE), movida contra a coligação do ex-prefeito de Cajazeiras, Carlos Rafael (PMDB) e o vice, o advogado Adjamilton Pereira (PMDB).

De acordo com a decisão do órgão, o ex-prefeito está impedido de disputar qualquer cargo eletivo no período de oito anos.

A AIJE acusava o ex-gestor cajazeirense de abuso do poder político, lhe imputando uma sanção de inelegibilidade.

Na decisão, o advogado Adjamilton Pereira não sofreu penalidades jurídicas.

A ação foi movida pela coligação da prefeita Denise Albuquerque.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula