header top bar

section content

Justiça condena ex-prefeito de Cajazeiras a oito anos de inelegibilidade; vice não sofreu penalidades

De acordo com a decisão do órgão, o ex-prefeito da cidade de Cajazeiras está impedido de disputar qualquer cargo eletivo no período de oito anos. Veja!

Por

10/02/2015 às 18h21

Ex-prefeito é condenado pelo TRE. Veja

O juiz da 42ª zona eleitoral, Francisco Hilton de Luna Filho julgou procedente nesta terça-feira (10), a Ação de investigação Judicial Eleitoral (AIJE), movida contra a coligação do ex-prefeito de Cajazeiras, Carlos Rafael (PMDB) e o vice, o advogado Adjamilton Pereira (PMDB).

De acordo com a decisão do órgão, o ex-prefeito está impedido de disputar qualquer cargo eletivo no período de oito anos.

A AIJE acusava o ex-gestor cajazeirense de abuso do poder político, lhe imputando uma sanção de inelegibilidade.

Na decisão, o advogado Adjamilton Pereira não sofreu penalidades jurídicas.

A ação foi movida pela coligação da prefeita Denise Albuquerque.

DIÁRIO DO SERTÃO

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares