header top bar

section content

Reeleição da Câmara, ações de RC e possível visita de Cássio a CZ estão na Faisqueira!

Cajazeiras cobra da prefeita a construção do cemitério na Zona Norte, pois o deslocamento para sepultar uma pessoa é de 4 km.

Por

17/05/2014 às 17h29

Confira tudo na Faisqueira do Alto Piranhas

Nem só de corrida de jumento vive Bom Jesus
Poucos acreditavam que o engenheiro Roberto Bayma colocasse em ordem os negócios da prefeitura municipal de Bom Jesus, tão rapidamente, que segundo ele, a encontrou num buraco sem fundo. Depois de um ano de administração conseguiu retirá-la da inadimplência junto a Receita Federal, o funcionalismo está sendo pago dentro do mês e colocou dinheiro novo nos cofres para investimentos na infra-estrutura

Nem só de corrida de jumentos vive Bom Jesus 2
Roberto vem pagando rigorosamente em dia os fornecedores, as obrigações sociais e os precatórios e tem dado destaque a pequenina Bom Jesus em todo o Brasil tendo como exemplo o prêmio de estar entre os trinta melhores prefeitos do País. Fica a pergunta: se Roberto consegue ser destaque, porque os outros não o são? Bom Jesus deixa de ser conhecida apenas como a cidade que tem todos os anos uma histórica corrida de jumentos.

Com chance
O vereador cajazeirense, Nilson Meireles, quer ser reeleito presidente da Câmara e para isto tem trabalhado todos os dias e esta semana teria divulgado que já tem 14 dos 15 votos. Como o ex-presidente Marcos Barros também sonha em voltar a sentar na cadeira de presidente, talvez seja este o único voto ainda não definido.

Tranqueira
A sessão do último dia 12 de maio, na Câmara Municipal de Cajazeiras, foi para discutir a questão da homofobia. O vereador Delzinho que parece não aceitar esta questão de homem namorar homem e mulher namorar mulher, muito irritado retirou-se do plenário, sob apupos da galera gay, mas antes convidou todos eles para trocar uma meia de bufetes no meio da rua.  Em breve, com mais alguns episódios desta qualidade, já dá para escrever um livro ou fazer um filme sobre os “borogodós” da Câmara.

Ausência notada
Muitos cajazeirenses estão se perguntando por que o senador Cássio da Cunha Lima, pré-candidato a governador do estado, ainda não deu o ar de sua graça por estas bandas do sertão, onde sempre foi muito votado e parece nunca ter perdido nenhuma eleição.

Ausência notada 2
Comenta-se que estaria aguardando uma definição do deputado Antonio Vituriano de Abreu, para posar, em Cajazeiras, com dois deputados da terra do seu lado, já que não tem mais o velho amigo de outras lutas Carlos Antonio e muito menos da prefeita Denise, agora aliados do governador Ricardo Coutinho. O único aliado, até o momento, de Cássio é o deputado José Aldemir.

Dor de cotovelo
O governador Ricardo Coutinho, ao passar por Cajazeiras, na volta do encontro com a Presidente Dilma, que esteve em São José de Piranhas visitando as obras da Transposição do São Francisco, em entrevista na Rádio Alto Piranhas, disse que as oposições estão inquietas e perturbadas com as ações de seu Governo.

Dor de cotovelo 2
E foi mais claro quando falou da construção do asfalto da Estrada do Amor: “vai ser concluído o serviço, não existe nenhuma barreira por parte da Universidade na retirada do muro e dos postes”. E deu uma bruta cutucada nas oposições: “eles estão preocupados com tantas obras na cidade, agora me mostrem uma única caixa d’água construída por eles em Cajazeiras”.

Quatro quilômetros com um defunto na cabeça
A população volta a cobrar a construção de um Cemitério na Zona Norte da cidade, para poder sepultar seus mortos, sem ter que percorrer mais de quatro quilômetros até chegar ao Cemitério Nossa Senhora Aparecida. Esta foi a principal reivindicação feita pelo povo durante a sessão itinerante da Câmara Municipal realizada no Bairro São José, no último dia 13 de abril. Os habitantes desta área são três vezes mais do que a população do município de Bom Jesus.

Bateu na porta errada
José Bezerra, famoso funcionário aposentado do Banco do Brasil, residia com sua tia, professora Vitória Bezerra e era vizinho de casa do médico Deodato Cartaxo, mas vez por outra fazia muito barulho durante a noite e numa delas fez tanta zuada que o Doutor acabou indo bater à sua porta para pedir um pouco silêncio.

Bateu na porta errada 2
Zé Bezerra era meio malucão e ao ouvir as batidas na porta de sua casa, indagou: quem é? Do outro lado veio a resposta: – é Deodato. E Zé retornou: – ora, porra tu chega de madrugada do cabaré, morto de bêbado e ainda erra de casa para perturbar os outros. Deodato voltou pra casa e disse a Dona Cilinha: Zé não tem jeito mesmo, é se conformar.
 
Do Gazeta do Alto Piranhas

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!