header top bar

section content

Prefeito de Sousa anuncia Victor e Léo no São João, e prevê data para concurso público. Veja!

Ao ser questionado sobre as eleições deste ano, André disse que vai apoiar quem o deputado federal Leonardo Gadelha decidir.

Por

09/05/2014 às 18h30

O entrevistado da última quinta-feira (08) do Programa “Censura Livre” foi o prefeito de Sousa, André Gadelha (PMDB). Na ocasião, o prefeito enfatizou que a cidade terá uma grande festa de São João e adiantou uma das atrações: a dupla Victor e Léo.

André falou ainda sobre o carnaval e disse que, a festa não foi realizada em Sousa este ano, devido a Prefeitura estar no seu momento mais crítico financeiramente, mas, confirmou que no próximo ano a festa será realizada.

Eleições 2014
Com relação às eleições 2014, André frisou que João Estrela e Lindolfo Pires já estão com Ricardo, entretanto se Leonardo Gadelha ficar do lado do Senador Cássio, ele estará com o senador. Se Leonardo aceitar ser vice de Veneziano, estará com o PMDB. “Se Veneziano articular bem a campanha, eu acredito que ele vá para o 2º turno. Acredito que estas eleições não serão nem de partidos, nem de chapas, mas de candidatos”, enfatizou.

Intriga da oposição
Ao ser questionado acerca da opinião de Fábio Tyrone que deu nota zero ao seu governo dizendo ser semelhante ao governo de Salomão Gadelha, André disse que é tudo intriga da oposição e discurso de quem perdeu a eleição. “Nós já asfaltamos seis ruas com recursos próprios, colocamos semáforos digitais, cinco posto de saúde sendo construídos, licitação de pavimentação de mais nove ruas, as entradas de Sousa serão duplicadas, pagamos os funcionários em dias, entre outros projetos e realizações”, elencou.

André disse ainda que, o governo de Tyrone foi um governo fraco que não fez nada pela cidade de Sousa, e que seu governo é totalmente o contrário de Tyrone, pois em apenas um ano e quatro meses já foram realizadas muitas obras.

Processo e nepotismo
Ao ser indagado sobre seu governo que está sendo acusado de crime eleitoral e nepotismo, o gestor disse que não existe nenhum processo contra a sua eleição e sim contra o candidato derrotado, Tyrone.

“Já mandamos para o Ministério Público e pedimos a todos os funcionários para assinarem um termo de compromisso comprovando que não há nenhum vínculo com parentes até o 2º grau”, esclareceu.

Relação com o Governo do Estado
No que se refere à sua relação com o Governador Ricardo Coutinho (PSB), André disse que está sendo muito difícil a sua convivência com o chefe do executivo estadual, e que desde o início de sua administração ele procura uma audiência ou pelo menos uma conversa para pedir um apoio, o que foi negado. “Ele é uma pessoa muito difícil de lidar, já demonstrou que não gosta de Sousa e não quer aproximação, um dia quando um governador aliado de Sousa ganhar, veremos as pendências”, salientou.

Concurso Público
Com relação ao concurso público da Prefeitura de Sousa, André afirmou que já encaminhou a licitação ao Ministério Público e que até o dia 30 de maio provavelmente as inscrições já estarão abertas. “As 12 mil pessoas que já se inscreveram podem ficar tranquilas, pois não vão pagar mais nada. Queremos que as provas sejam realizadas antes do dia 20 de junho. Já estaremos chamando os primeiros concursados até o início de julho”, finalizou.

Situação da Prefeitura
Ao ser indagado sobre como encontrou a Prefeitura de Sousa, André afirmou que não encontrou tudo em ordem, pois a máquina administrativa estava repleta de débito, principalmente com fornecedores, e fez de tudo para torna-la viável através de convênios do governo federal.

De acordo o prefeito a Energisa chegou a ameaçar o corte de energia da Prefeitura de Sousa, pois estava com dois meses de atraso, além de outras despesas que ele assumiu.
“Tivemos um prazo para ‘limpar’ a prefeitura e conseguir emendas parlamentares. Já conseguimos liberar para Sousa mais de R$ 20 milhões”, comentou.

Salomão Gadelha
Segundo André o prefeito que mais conseguiu recursos para a cidade, foi o ex-gestor Salomão Gadelha, que teve seis anos de mandato.

Obras em Sousa
André disse ainda que está muito satisfeito com o andamento das obras de Sousa, o que gera empregos diretos e indiretos. “Há 12 obras em andamento e mais 16 obras para acontecer, somando investimentos de mais de R$ 33 milhões. Nunca foi visto isso na história de Sousa”, frisou.

Veja programa completo!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula