header top bar

section content

Peemedebista revela conversa entre Cássio e o prefeito de Sousa, e reprova Câmara.

O advogado deu zero para a Câmara de vereadores de Sousa. “Produziu pouco e esses escândalos ‘arranharam’ a Casa Legislativa”

Por

01/04/2014 às 20h29

Frente a Frente da TV Diário do Sertão entrevistou o ex-presidente da OAB, Cláudio Diniz

O Frente a Frente da TV Diário do Sertão entrevistou nesta terça-feira (01), o advogado que ‘milita’ em Sousa e ex-presidente da OAB, Cláudio Diniz (PMDB). Natural de Conceição, no Sertão, ele disse que escolheu Sousa para atuar porque é uma cidade acolhedora. “Gosto de coração”.

Na retirada dos envelopes, o advogado deu 10 a sua filha Fernanda, de 19 anos de idade. “Ela é especial e fazemos tudo por Fernanda”.

O operador do direito deu 10 para o grupo de André Gadelha (PMDB) numa possível aliança com Cássio Cunha Lima (PSDB). “A cidade de Sousa está destruída do ponto de vista da governabilidade estadual”

Ele destacou que não ver nenhuma dificuldade de aliança entre André e Cássio e revelou: “O Senador tem mantido contato com o prefeito de Sousa. Não é o melhor nome, mas é o possível que temos”

Cláudio Diniz deu nota dez a administração do prefeito André Gadelha. “Ele tem dito não quando precisa”.

Só zeros
O advogado deu zero para a Câmara de vereadores de Sousa. “Produziu pouco e esses escândalos ‘arranharam’ a Casa Legislativa”

Ele deu zero ao Governo de Ricardo Coutinho. “Era um nome novo, mas não dialoga com a sociedade”

Cláudio Diniz deu zero a Ordem dos Advogados de Sousa (OAB). “Não disse ainda para que veio”

Veja vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula