header top bar

section content

Cássio fala sobre candidatura; Deputado diz “oposição está com dor de cotovelo” VÍDEO!

Cássio revelou haver duas teses no partido tucano da Paraíba, uma pela manutenção da aliança, e outra pela candidatura própria.

Por

21/02/2014 às 16h53

Cássio fala das eleições na Paraíba. Confira!

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB), admitiu pela primeira vez nesta sexta-feira (21), que sairá candidato ao Governo da Paraíba este ano. Ele fez a declaração no encontro com o governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) e o senador mineiro Aécio Neves (PSDB), na cidade de Recife.

Cássio revelou haver duas teses no partido tucano da Paraíba, uma pela manutenção da aliança com Ricardo Coutinho (PSB), e outra pela candidatura própria.

“Para minha alegria, o nome mais lembrado, dentre outras opções que o PSDB tem para disputar o Governo, o meu tem sido lembrado com mais freqüência”. Declarou Cássio

Para o senador, é natural que haja rompimento e seu partido se coloque na disputa pelo Governo do Estado. “Não falo em rompimento porque é natural em qualquer processo político o partido querer entrar na disputa”

Ouça áudio Júlia Arraes!

No Sertão
Já no Sertão, o deputado Zé Aldemir (PEN), declarou que a matéria exibida pela revista Veja nessa quinta-feira (20), sobre a inelegibilidade de “Cássio é dor de cotovelo da oposição”.

Zé Aldemir disse que a candidatura do senador vem sendo fortalecida, pois é o que o povo quer.

Sobre a aproximação de André Gadelha (PMDB) com Cássio, o deputado declarou: “André Gadelha te experiência e sabe traduzir muito bem o sentimento popular” 

Veja vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor