header top bar

section content

Eita: TJPB sequestra contas de quatro prefeituras do Sertão do Estado para pagamento de precatórios. Veja!

A decisão foi publicada na edição eletrônica do Diário da Justiça. Este é o 1ª sequestro de contas de 2014 promovido pelo TJPB

Por

09/02/2014 às 19h00

Tribunal de Justiça da Paraíba mantém decisão em Cajazeiras

O Tribunal de Justiça da Paraíba sequestrou as contas bancárias de quatro prefeituras do Sertão paraibano para pagamento de precatórios. A decisão foi publicada na edição eletrônica da última sexta-feira (07) do Diário da Justiça. Este é o primeiro sequestro de contas de 2014 promovido pelo TJPB, que no ano passado arrecadou mais de R$ 2,5 milhões de 64 municípios paraibanos para pagamento de precatórios.

No Sertão do Estados, os municípios envolvidos são: Princesa Isabel (R$ 9.526,47); Brejo do Cruz (R$ 8.244,72); Monte Horebe (R$ 6.471,82) e Emas (R$ 5.957,23). A determinação de sequestro obedece à Resolução 115/2010, do Conselho Nacional de Justiça, que dispõe sobre a gestão de precatórios no âmbito do Poder Judiciário. Os valores serão sequestrados por meio do convênio Bacen-Jud.

Os débitos das prefeituras de Brejo do Cruz, Princesa Isabel, Monte Horebe e Emas são referentes ao exercício de 2012.

O sequestro dos recursos foi determinado pelo TJPB em decorrência do não pagamento dos valores determinados pelo regime especial de precatórios, instituído pela Emenda Constitucional 62/2009. Em 2013, mais de mil credores tiveram os seus precatórios total ou parcialmente quitados, incluindo as dívidas do Estado e dos municípios. Os sequestros bancários também foram efetuados naqueles municípios que não vinham cumprindo regularmente com os repasses anuais.

Para efetuar o pagamento, o TJPB publicou 23 listas preferenciais, beneficiando credores do Estado e de municípios como João Pessoa, Campina Grande, Itapororoca, Itabaiana, Sousa, Bananeiras, Lastro, Santa Rita, Bayeux, Sapé, Alagoinha, Aroeiras, Boqueirão, Pombal, Santa Rita, Duas Estradas, Mamanguape e Salgado de São Félix.

AUDITORIA – O Tribunal de Justiça da Paraíba realiza, entre 10 de fevereiro e 25 de março deste ano, uma auditoria na Gerência de Precatórios. Por meio de um ato da Presidência, a desembargadora Fátima Bezerra Cavalcanti justificou que os processos são complexos e por isso há uma necessidade regular e periódica de auditoria. Neste período, a Gerência de Precatórios suspende o atendimento ao público e advogados para evitar falhas nas informações prestadas.

DIÁRIO DO SERTÃO com Jornal da Paraíba

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!