header top bar

section content

Prefeito de Cachoeira dos Índios fala de reprovação de contas e revela ‘guerra’ por água. Ouça!

O gestor garante que o manancial pertence a prefeitura, mas a questão está sendo discutida nas vias judiciais.

Por

30/01/2014 às 18h27

Foto ilustrativa do Google. Confira!

O prefeito Francisco Ricarte (Bodim – PSB), da cidade de Cachoeira dos Índios falou nesta quinta-feira (30) sobre a notificação do convênio das festividades juninas da sua gestão no ano 2006.

Ele explicou que o erro foi apenas na prestação de contas, mas foi provado através de registros como fotos e vídeos, que o evento foi realizado. “O erro foi da analista e não nossa. Não errei não”

Água
O prefeito revelou que o açude São Joaquim, que abastece a cidade secou, e depois deste acontecimento uma grande polêmica foi gerada no município, pois o único açude que ainda há água está proibido de ser usado.

De acordo com o prefeito, apareceu um suposto dono da propriedade, onde está o açude, identificado por “Chico Paulo”, que não permite o uso da água.

O gestor garante que o manancial pertence a prefeitura, mas a questão está sendo discutida nas vias judiciais. “Dá para abastecer a cidade por cerca de seis meses. É a única água que temos”

Ele revelou que atualmente, o abastecimento está sendo feito através de carros pipas, com água de cacimbões das comunidades rurais.

Ouça áudio da Rádio Alto Piranhas!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula