header top bar

section content

Mágoa de Tiko Miudezas após ser descartado em Cajazeiras e o desabafo da prefeita estão na Faisqueira

Segundo a coluna política semanal, o empresário não anda muito satisfeito com o fora que levou em Cajazeiras. Veja!

Por

16/01/2014 às 16h30

Tico e o Carnaval de Cajazeiras
Talvez tenham faltado “cinco reais” de conversa entre a prefeita de Cajazeiras, Dra Denise e o empresário Tico Miudeza para que o carnaval da cidade fosse realizado pela “prata de casa”.

Tico e o carnaval de Cajazeiras 2
Hoje o empresário Tico Miudeza tem uma das melhores estruturas para realização de eventos do interior do Nordeste Brasileiro, além de um excelente relacionamento com os empresários das grandes bandas e de artistas renomados e com um detalhe: tem crédito sobrando na praça de Cajazeiras e de todo a região.

Tico e o carnaval de Cajazeiras 3
Este episódio, segundo comentários, teria deixado o empresário Tico bastante magoado, além do que o município teria priorizado um “empresário de João Pessoa”, ao invés de fortalecer os que existem na cidade.

Tico e o carnaval de Cajazeiras 4
Mas no momento que outras cidades da região tomaram conhecimento que Tico não mais realizaria o Carnaval de Cajazeiras, de imediato foi procurado pelas cidades de Mauriti, no Ceará e Catolé do Rocha e que já teria fechado/negociado o evento. Mas não há nada que um bom diálogo não resolva impasses desta natureza e a boa amizade continue. O resto é o bagaço que a porca chupa e a oposição chafurda.

“Sou uma sentinela”
O Major Guedes desde que assumiu o comando do 6º BPM, sediado na cidade de Cajazeiras, tem feito o que mais a população desejava: ver os briosos militares nas ruas da cidade e assumindo a frente das operações de segurança, nas ruas e nos eventos e se regozija em dizer que a primeira sentinela do Quartel é ele. Desde o dia 12 de dezembro de 2013, que a Bandeira do Quartel vive permanentemente hasteada, indicando que o Comandante está presente e as ordens.

Um assalto
A prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque, depois de várias tentativas de baixar o valor da conta da CAGEPA, da Praça da Catedral, que importa em simples R$5.000,00, isto mesmo cinco mil reais todos os meses, e não conseguindo, determinou que fosse furado um poço artesiano para fornecer água para irrigar os jardins da Praça.

Um assalto 2
Bem ao lado da Praça, no Palácio do Bispo, tem um poço que tem a vazão de 9.000 litros de água por hora, o que pode significar que a área é boa para se perfurar poços artesianos. Já existe em várias praças da cidade, dentre elas a do Espinho e a da Prefeitura que os jardins são mantidos com água de poço.

Um assalto 3
Não cabe no imaginário da população se pagar cinco mil reais por mês de água para irrigar os jardins de uma praça, tem qualquer coisa errada nesta medição a não ser que a CAGEPA esteja cobrando a taxa de esgoto que é 100% do valor do consumo de água, sendo assim cabe uma pergunta: a água usada vai ser tratada aonde, ela desce em qual esgoto da cidade? É um assalto!

Desabafo e indignação pelo facebook
A prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque, postou em sua página do facebook uma mensagem de desabafo depois de ter sido negado, através de seus assessores, em uma emissora de rádio de Cajazeiras, “o direito de defesa inalienável de qualquer instituição ou pessoa quando teceu comentários no ar sobre o município e fechou a porta para que nossos secretários pudessem através do telefone se manifestar sobre o assunto”.

Desabafo e indignação pelo facebook 2
Disse ainda a prefeita: “Além da indignação me causa estranheza ter acontecido após a visita do diretor da emissora a minha residência e mais o fato de ter ligado para o celular dele e não ter sido atendida a ligação afim de que ele como sugerido pudesse esclarecer o fato”.
 
Frases da semana: “tudo passa, tudo passará e nada fica, nada ficará”. “O que me resta é apenas um pedaço da liberdade”
 
Do Gazeta do Alto Piranhas

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017

INTERVIEW

Educadora fala da infância difícil e sua trajetória de sucesso: ‘Faltava dinheiro, mas não alegria’

CALDEIRÃO POLÍTICO

Eleições e ‘distritão’ foram assuntos do programa Caldeirão Político; Padre diz que é contra essa emenda