header top bar

section content

Governador Ricardo Coutinho ‘corta’ recursos do Fundo de Erradicação da Pobreza para hospitais da PB

Se esses hospitais estivessem funcionando bem, certamente evitaria o deslocamento de pacientes e familiares para o Hospital Regional de CZ.

Por

10/12/2013 às 17h53

No Governo de José Maranhão ele liberava ajudas financeiras para os hospitais filantrópicos, por meio de convênios com o Fundo Municipal de Erradicação a Pobreza.

O atual governador, segundo um dos coordenadores do Orçamento Democrático, Francisco Alexandre, o chefe do executivo decidiu não mais liberar recursos do fundo para área da saúde. Eles serão liberados para a área social.

Em Cajazeiras, por exemplo, foi assinado um convênio que liberou R$ 160 mil pra conclusão da sede da Fundação Luiz Antonio Bezerra, que faz um trabalho social com crianças carentes e em situação de risco.

Francisco Alexandre fez a revelação durante o programa Tribuna Política da Rádio Alto Piranhas, após ouvir reclamações de ouvintes daquele município relacionadas com o corte de uma verba de R$ 30 mil mensais para o Hospital que era filantrópico, mas foi municipalizado pela atual administração municipal, o João Dantas Tothéia.

Na mesma situação estão os hospitais municipais e filantrópicos de Bonito de Santa Fé e São José de Piranhas, que funcionam com recursos repassados pelas prefeituras, que são insuficientes. Já o de Cachoeira dos Índios está fechado.

Se esses hospitais estivessem funcionando bem, certamente evitaria o deslocamento de pacientes e familiares para o Hospital Regional de Cajazeiras.

Segundo informações, a responsabilidade pelo atendimento hospitalar é do Estado e não dos municípios.

José Ronildo especial para o DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”

CÓDIGO COMPROVA

No 1º Xeque-Mate de 2018, tecnólogo diz que é fácil fraudar eleições com urna eletrônica e explica como

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o centravante Bruno Aurora, Carlos Kennedy e o presidente da ASCAT-CZ