header top bar

section content

Secretário de Ricardo Coutinho diz que racha na situação pode derrotar força ‘girassol’ em 2014 e afirma: Aeroporto de CZ não existe

O secretário disse que, espera por uma decisão de seu partido para saber se sairá candidato ao senado. Ele afirmou que aeroporto de CZ não existe

Por

06/12/2013 às 19h15

Durante visita ao Sertão, o secretário de Infraestrutura do Estado e ex-senador da república, Efraim Moraes (DEM) revelou que o motivo do Aeroporto Regional de Cajazeiras não ser concluído é que não existe sequer escritura. “Por incrível que pareça o aeroporto não existe, pois, não tem escritura”, disse.

Outro ponto citado pelo ex-senador foi a questão do IML que para ele é necessário a Cajazeiras. “Já sofri problemas dessa natureza e sei como é difícil. O IML deve ser uma luta de toda a classe política”, disse.

Eleições 2014
O secretário de Infraestrutura disse que, pretende lutar para manter a aliança entre o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o governador Ricardo Coutinho (DEM). Para ele, se houver um racha entre a situação, o nome da oposição terá possibilidades de vitória.

Com relação a possibilidade de sair como candidato a senador, Efraim Moraes disse que tudo depende de seu partido e da coligação. “Hoje em dia prefiro buscar alianças do que sonhar com altos cargos”, disse.

Veja Vídeo!

Veja também:

– Aniversário de 52 anos de emancipação política da cidade de Monte Horebe.

– Pré-candidatos invadem festa de aniversário de Monte Horebe em busca de votos. Áudio!

​-  No aniversário da cidade, José Aldemir recebe título de Cidadão Horebense. Veja as fotos!

DIÁRIO DO SERTÃO

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor