header top bar

section content

Deputados lamentam redução dos recursos para a segurança e sucateamento de hospital

Problemas identificados no funcionamento do Hospital de Itabaiana e o fechamento de Companhia da Polícia Militar no Sertão também foram abordados.

Por

19/11/2013 às 15h47

Os deputados estaduais ocuparam a tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), durante a sessão ordinária desta terça-feira (19) para abordar vários temas, a exemplo da diminuição de recursos previstos para a segurança pública, entre outras áreas, no projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA), para execução em 2014. Problemas identificados no funcionamento do Hospital Regional de Itabaiana e o fechamento de Companhia da Polícia Militar no Sertão também foram abordados durante os discursos.

Frei Anastácio (PT) foi o primeiro parlamentar a ocupar a tribuna e parabenizou o município do Conde pela passagem do seu cinquentenário de fundação, comemorado na segunda-feira (18). Segundo ele, é uma terra caracterizada pelo forte turismo e pela luta em prol da reforma agrária, através da presença de mais de três mil pessoas assentadas em uma área de cerca de três mil hectares de terra.

“São pessoas que conseguiram a sua cidadania, através do direito a terra, a água, graças a sua luta em defesa de uma reforma agrária digna para todos. Parabenizo a população do município do Conde, um povo trabalhador, ordeiro e caracterizado pela sua luta”, disse Frei Anastácio.

O deputado Trócolli Júnior (PMDB) criticou o “sucateamento” do Hospital Regional de Itabaiana. Ele citou artigo publicado, nesta terça-feira, em jornal de grande circulação no Estado para denunciar essa “tragédia anunciada, que há nove meses já tinha sido destacada na tribuna da Assembleia Legislativa”.

“Há seis meses os procedimentos cirúrgicos já estavam paralisados naquela unidade hospitalar e nos últimos dias nenhum parto foi registrado. Esse Governo não conseguiu sequer gerir um hospital deixado há apenas três anos em funcionamento, com equipamentos importados da Alemanha, equipe formada. Enfim, são 130 mil habitantes que deixam de ter o acesso a saúde”, lamentou Trócolli.

O líder do governo, Hervázio Bezerra (PSB), afirmou que o Hospital Regional de Itabaiana sofre com o impasse em torno dos contratos com as cooperativas médicas, que fornecem os serviços em várias especialidades na instituição. Segundo ele, o secretário de Estado da Saúde, Waldson de Souza, está empenhado para resolver esse problema.

Monaci Marques (PPS) parabenizou a Prefeitura Municipal de Mãe D´Água, que foi referência na Paraíba na realização da Campanha Outubro Rosa, através da realização de exames de mamografia, entre outras ações de combate ao câncer de mama. “Foi uma atuação que ficou como exemplo para os demais municípios da Paraíba”, disse o deputado.
O deputado Ivaldo Morais (PMDB) retornou à tribuna da ALPB e solicitou o empenho dos parlamentares, junto a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), para a implantação de ações de abastecimento e esgotamento sanitário no bairro da Ramadinha, no município de Campina Grande. 
 
Fechamento de companhia da PM no Sertão
O deputado José Aldemir (PEN) lamentou o fechamento da Companhia de Polícia Militar localizada no município de São José do Rio do Peixe, no Sertão paraibano. “Infelizmente, crimes ocorrem em nosso Estado e não há punição alguma, tudo pela incompetência da nossa segurança pública. O município de São José do Rio do Peixe hoje se encontra fechada sem nenhum critério, de forma arbitrária. Certamente é o governo sendo conivente com a criminalidade neste Estado”, disse.

José Aldemir também justificou a ausência nas atividades de fiscalização da “Caravana da Saúde” da ALPB, na última quinta-feira (14), nos hospitais Regional de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, localizado em Campina Grande, e Geral de Queimadas Doutor Patrício Leal Maia.

“Estive ausente por motivo de viagem, mas já conhecia o Hospital de Trauma de Campina Grande, uma realidade totalmente diferente. Lá se gasta 60% dos recursos do Hospital de Trauma de João Pessoa para atender uma demanda bem maior, pois, aquele Hospital tem um gestor competente [o médico Geraldo Medeiros, diretor Geral], que tem responsabilidade com o dinheiro público”, afirmou Aldemir.
 
Diminuição de recursos para a segurança pública
O deputado Carlos Batinga (PSC) ocupou a tribuna para criticar a diminuição de 18,49% dos recursos previstos para a segurança pública da Paraíba, no projeto da LOA 2014. Segundo ele, o governo aumentou a demanda destinada à comunicação institucional em 58,56%, e diminuiu a previsão orçamentária destinada também a outras áreas importantes, a exemplo da habitação (-35%), da cultura (-37,99%), do saneamento (-14,4%) e da gestão ambiental (-16%).

O deputado ainda desafiou a apresentação de alguma proposta oriunda das assembleias do Orçamento Democrático Estadual (ODE) que indique a necessidade do aumento de recursos para a comunicação institucional. “Essas discussões do Orçamento Democrático não passam de um engodo, pois, não me constam que em nenhuma dessas plenárias tenha sido aprovado o aumento dos recursos da comunicação e a diminuição para a segurança pública ou para a habitação. É um absurdo”, lamentou. 
 
União em prol da saúde 
O líder do governo, deputado Hervázio Bezerra, elogiou o gesto do líder da oposição, Anísio Maia (PT), que se comprometeu, na última semana, a apoiar a liberação de recursos para a saúde, junto ao governo federal. O socialista ainda prometeu articular uma reunião entre o parlamentar petista e o secretário de Saúde, Waldson de Sousa.

“O secretário Waldson de Souza vai apresentar os dados da pasta e de forma pública, os dois irão a quem compete ir cobrar esses recursos”, disse Hervázio, que ainda rebateu as críticas do deputado Carlos Batinga. “Hoje são mais de 200 quilômetros de rodovia construídos na região do Cariri e eu nunca vi o deputado Batinga elogiar essas obra. O governador Ricardo Coutinho está trabalhado. É verdade que tem problema na saúde, tem problema na segurança, mas vamos enaltecer as rodovias que vão beneficiar a sua região”, comentou.

Anísio Maia aceitou o convite do deputado Hervázio Bezerra. Ele afirmou que é a favor de qualquer movimento em favor da cobrança de mais investimentos para o Nordeste. “No caso da saúde pode contar comigo também. Vamos até Brasília, mas só quero que não seja utilizado isso como argumento para justificar a problemática e a incapacidade do Governo do Estado de responder os problemas da saúde no Estado”, afirmou o petista.

Da secom

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada