header top bar

section content

TCE investiga ex-prefeito do Sertão que gastou dinheiro suficiente para dar 249 voltas em torno da Terra

Segundo consta no relatório de análise da prestação de contas anual de prefeito municipal, o ex-gestor empregou quase R$ 3 milhões em combustível.

Por

13/09/2013 às 18h06

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) está investigando o emprego de cifras milionárias no consumo de combustível durante 2010/2011 na gestão do ex-prefeito da cidade de Coremas, Sertão da Paraíba, Edilson Pereira de Oliveira. Segundo consta no relatório de análise da prestação de contas anual de prefeito municipal, o ex-gestor empregou quase R$ 3 milhões para comprar o derivado. Com esse percentual, Pereira daria 249 voltas de carro em torno da Terra.

Os dados do TCE confirmam que o combustível foram adquiridos no posto de propriedade da irmã de Edilson Pereira. Em um trecho do documento assinado pelo auditor de contas pública, Sebastião Andrade de Oliveira, há a constatação de que ‘na análise das aquisições de combustíveis no exercício de 2011, devem ser observadas as constatações feitas nos exercícios de 2009 e 2010, visto que os fornecedores são os mesmos, e os montantes empenhados são da mesma grandeza, entre outras semelhanças”.

Em 2010, o ex-prefeito empenhou na compra de combustível R$ 1.560.000,00. Durante sua gestão de 2011 foram destinados R$ 1.230.000,00. A cidade de Coremas possui uma população estimada de 14.068 habitantes. Durante o mesmo período, a Prefeitura de Pombal gastou pouco mais de R$ 1.500.000,00. Segundo dados do IBGE, o município tem quase o dobro de habitantes de Coremas.

O montante dá para comprar pouco mais de um milhão de litros de combustível, considerando o valor de R$ 2,70 por litro. Levando-se em conta que cada carro consuma em média 1 litro de combustível a cada 10 quilômetros rodados, a quantia daria para percorrer 10,33 milhões de quilômetros. Considerando que a distância de todo o percurso ao redor da Terra, na linha do Equador, é de 40 mil quilômetros, os gastos da gestão do ex-prefeito com combustível seriam suficientes para dar 249 voltas de carro em torno da terra, ou ir à Lua quase 30 vezes.

Edilson Pereira foi procurado para se defender das acusações, mas o político não foi localizado para falar sobre as investigações da Corte de Contas.

DIÁRIO DO SERTÃO com Portal Correio

Tags:
RELIGIÃO

VÍDEO: Padre da região de Patos fala sobre promessa de cura e restauração em missas: “Quem cura é Jesus”

NO ACÚSTICO DIÁRIO

VÍDEO: Músico que foi atingido por um tiro em São José de Piranhas se emociona ao relatar o fato

NESTE FIM DE SEMANA

VÍDEO: Comerciante africano traz a Cajazeiras feira popular de São Paulo que vende pela metade do preço

DIRETO AO PONTO

Nutricionista sousense fala sobre a hipertensão e ensina receita de sal de ervas