header top bar

section content

Avaliação do debate em Cajazeiras: Gildemar critica adversários, Rafael diz que foi positivo e Dr. Carlos quer fiscalização da atual gestão

Os candidatos a prefeito de Cajazeiras fizeram uma avaliação sobre o debate. Acompanhe em entrevistas exclusivas.

Por

11/09/2012 às 15h14 • atualizado em 21/07/2016 às 20h34

Os candidatos a prefeito de Cajazeiras, Carlos Rafael (PTB), Carlos Antonio (DEM) e Carlos Gildemar Pontes (PSOL) fizeram uma avaliação sobre o debate realizado nesta terça-feira (10) através da rede Paraíba de rádio, mediado pelo jornalista cajazeirense, Gutemberg Cardoso.

Para Carlos Antonio, o debate foi bastante positivo, pois foram exibidos vários problemas graves da cidade de Cajazeiras, como a polêmica dos recursos do carnaval e o número de contratados pela Prefeitura no último mês de agosto. “Eu preciso que o Ministério Público possa se manifestar diante dessas irregularidades que acontecem em Cajazeiras”, disse ele.

O candidato Gildemar Pontes classificou como importante o debate eleitoral realizado em Cajazeiras, principalmente para aqueles eleitores que ainda estão indecisos. O prefeitável criticou a postura dos dois candidatos e afirmou que não existe proposta em nenhuma das partes. “Só houve acusações de um para o outro, eu ao contrário, venho trabalhando”, explicou.

Por outro lado, o atual gestor e candidato Carlos Rafael avaliou o debate como positivo pela possibilidade de apresentar suas propostas e, segundo ele, rebater algumas inverdades. “Rebatemos algumas falácias que estão repetindo inúmeras vezes, mas, pudemos dizer a Cajazeiras como será nosso próximo mandato”, afirmou.

Opinião
O promotor Marcio Gondim disse que o debate foi de extrema importância para o processo democrático em Cajazeiras. “Ocasiões como essas engrandecem a população e trazem informações para que a cidade possa avaliar e decidir qual o seu candidato”, afirmou ele.

Com relação às denúncias que surgiram durante o debate eleitoral, o promotor disse que esse fato é normal, tendo em vista que, as denúncias ocorrem antes, durante e depois da campanha, entretanto, ele salientou que o dever do Ministério Público é agir conforme a lei e fazer prevalecer a justiça.

Organização
O Superintendente da Rede Paraíba de Rádio, Guilherme Lima disse ter ficado bastante satisfeito com a realização do debate em Cajazeiras. “O debate foi bastante intenso e a temperatura subiu em alguns momentos, mas os candidatos se portaram muito bem”, disse ele.

DIÁRIO DO SERTÃO

PSICOLOGIA NO AR

PERIGO: Médico neurologista faz importante alerta para quem usa remédios tarja preta para dormir

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras