header top bar

section content

Presidente do PSB em CZ diz que não abre mão da majoritária e detona ex-aliados

O socialista prestou entrevista a imprensa nesta sexta-feira (30).

Por

30/12/2011 às 17h15

O presidente do PSB na cidade de Cajazeiras, Rivelino Martins, em entrevista nesta sexta-feira (30), a imprensa local, declarou que o partido não abre mão de compor a chapa majoritária da oposição, nas eleições 2012. “Isso é uma posição fechada do partido”.

Perguntado se o socialista colocaria a mão no fogo pelo Senador Vitalzinho, respondeu que não. Por Cássio disse que sim.

Rivelino afirmou que não colocaria a mão no fogo pelo seu ex-aliado Léo Abreu, nem pelo seu pai, o deputado Vituriano de Abreu. “Vituriano não conseguiu avançar politicamente. É um parlamentar que age de forma muito emotiva. É incontrolável”.

Ele disse também, que não bota a mão no fogo pelo ex-senador Wilson Santiago. “Pela história dele, pela ausência dele em Cajazeiras e pelas denúncias de irregularidades”. O presidente do PSB, explicou que não coloca a mão no fogo pelo atual prefeito de Cajazeiras, mas bota pelo ex-prefeito Carlos Antonio e pelo presidente da Câmara, o vereador Marcos Barros”.

Ouça áudio!

DIÁRIO DO SERTÃO
 

Tags:
DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”

CÓDIGO COMPROVA

No 1º Xeque-Mate de 2018, tecnólogo diz que é fácil fraudar eleições com urna eletrônica e explica como