header top bar

section content

Policial de Sousa que sofreu vários golpes de roçadeira morre em Hospital de CG. Confira!

Segundo um boletim médico seu estado de saúde é estável, mas a família achou por bem transferi-lo para Campina.

Por

18/12/2011 às 20h15

Morreu no final da tarde deste domingo (19), o Cabo da Polícia Militar, Givanildo Barbosa Lopes, de 50 anos, "Cabo Lopes". Ele foi vítima nessa quinta-feira (15), no Rancho dos Ciganos "Pedro Maia", de vários golpes de roçadeira na cabeça, atingindo o crânio.

O acusado da tentativa de homicídio é o cigano Francisco Manoel Messias, conhecido como “Cula”, de 32 anos, que após o delito fugiu do local em um carro preto. A polícia continua na procura do indivíduo que praticou o ato.

O Cabo Lopes estava internado na UTI do Hospital Regional de Sousa, porém devido ao seu estado clinico foi transferido na noite deste sábado (18) para o Hospital de Trauma de Campina Grande.

Veja mais fotos:

src=http://www.diariodosertao.com.br/ew3press/sendtmp/2011/20111216075247/destaque/20111216075247_amp.jpg  src=/userfiles/image/Policiais/Cula_LOGO.jpg

Cabo Lopes foi atingido golpes de roçadeira na cabeça                                      Cula é acusado de tentar matar o policial
 

DIÁRIO DO SERTÃO
 

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula