header top bar

section content

Vídeo: Câmara de Cajazeiras realiza sessão especial aos 50 anos da São João Bosco

Do dia 10 até o próximo dia 17, a Paróquia São João Bosco está realizando vários eventos em alusão ao cinquentenário

Por Jocivan Pinheiro

13/04/2016 às 10h05 • atualizado em 13/04/2016 às 12h26

Da esq. para a dir.: padre Vagner, padre Janilson e os vereadores Alysson Américo e Marcos Barros

Da esq. para a dir.: padre Vagner, padre Janilson e os vereadores Alysson Américo e Marcos Barros

Nessa histórica semana em que a Paróquia São João Bosco completa 50 anos de fundação em Cajazeiras, o Poder Legislativo também fez parte das celebrações. Nessa terça-feira (12), a Câmara realizou uma sessão especial, de propositura do vereador Ivanildo Dunga, em celebração ao cinquentenário da paróquia.

Paroquianos lotaram o auditório da Casa para prestigiarem a sessão que contou com a presença do padre Janilson Rolim, atual administrador da São João Bosco, e dos padres Vagner Melo e Antônio Neto, ex-administradores da paróquia.

Do dia 10 até o próximo dia 17, a Paróquia São João Bosco está realizando vários eventos em alusão ao cinquentenário. Já aconteceram a 7ª edição da Marcha Contra as Drogas, a sessão especial na Câmara, e ainda estão na programação o lançamento da revista dos 50 anos, uma missa com a participação de todos os padres que já administraram a paróquia e a inédita “Romaria das Comunidades”, que trata-se do encontro de todas as imagens de santos padroeiros das comunidades rurais de Cajazeiras.

GALERIA DE FOTOS:

Crédito: João Bosco Pinto

.

DIÁRIO DO SERTÃO com Parlamento CZ

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor