header top bar

section content

Padre acusado de pedofilia se mata na prisão, diz polícia

Homem havia sido preso na última sexta-feira (5), pela segunda vez; seu crime inspirou o filme Spotlight, sobre acobertamento de abusos na Igreja

Por Luzia de Sousa

08/08/2016 às 07h58

O padre Bonifácio Buzzi, de 57 anos, se suicidou no presídio de Três Corações (MG), informou neste domingo (7) a Polícia Civil. O homem havia sido preso na última sexta-feira (5), em Barra Velha (SC).

Segundo informações do G1, ele já havia sido condenado a 20 anos de prisão por abusar sexualmente de um menino de 10 anos em Mariana (MG), tendo cumprido pena entre 2007 e 2015.

Desta vez, o mandado de prisão foi cumprido pelo abuso de um menino da cidade mineira de Três Corações. Após saber que havia sido denunciado, o pároco fugiu para Santa Catarina.

Buzzi ficou conhecido por ser citado no filme “Spotlight”, ganhador do Oscar deste ano e que conta a história verídica de um caso de pedofilia divulgado pelo jornal norte-americano “The Boston Globe”.

Notícia ao Minuto

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan