header top bar

section content

Visitar entes queridos no Dia de Finados renova as forças, diz padre. Vídeo!

Segundo o padre, a prática de visitar túmulos dos entes queridos é considerada um dos mais importantes rituais religiosos da tradição cristã desde a Idade Média

Por

01/11/2015 às 15h40

Nesta segunda-feira, dia 2 de novembro, milhões de pessoas estarão visitando os cemitérios de todo o Brasil para prestar homenagens aos mortos no feriado de Dia de Finados. A prática é considerada um dos mais importantes rituais religiosos da tradição cristã católica e acontece desde a Idade Média.

Neste dia os visitantes depositam flores nos jazigos e mausoléus dos seus entes queridos e rezam pelas suas almas, já que, de acordo com a doutrina da Igreja Católica, a alma da maioria dos mortos está no purgatório passando por um processo de purificação. Por essa razão ela necessita de orações dos vivos para que intercedam junto a Deus pelo sofrimento que a aflige. Por isso o Dia de Finados era conhecido na Idade Média como “Dia de Todas as Almas”.

Em Cajazeiras, cidade cuja maioria da população é católica, os cemitérios costumam ficar lotados durante todo o feriado. Para o Padre Francivaldo, o Dia de Finados tem como expressão maior a gratidão, além, é claro, do sentimento de saudade (assista ao vídeo no final dessa matéria).

“O Dia de Finados é esse momento de comunhão, de renovar a memória, de transculturar para o hoje aquele ontem que fez vida em nossas vidas, aquelas pessoas que foram gratas, que construíram, que ajudaram na nossa história a formar essa grande cultura da existência. O Dia de Finados é um dia bonito, que tem como expressão maior a gratidão, a expressão do amor que não morre”, comentou o religioso.

Apesar da visão fúnebre que este dia possa ter, Padre Francivaldo acredita que visitar os entes queridos e pessoas que deixaram sua marca na historia também renova as forças dos que aqui permanecem. “É o dia de refazer as energias da gente olhando para a importância de cada pessoa que engrandeceu nossa história.”

Assista ao comentário do Padre Francivaldo na TV Diário do Sertão:

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan