header top bar

section content

Feriado no Sertão é marcado por celebrações religiosas a Nossa Senhora Aparecida

O feriado religioso de Nossa Senhora Aparecida foi celebrado em várias cidades nesta segunda-feira (12).

Por

13/10/2015 às 10h00

Procissão de Nossa Senhora Aparecida em Campina Grande (Foto: Leonardo Silva/ Jornal da Paraíba)

O feriado religioso de Nossa Senhora Aparecida foi celebrado em várias cidades nesta segunda-feira (12). Na Arquidiocese da Paraíba paróquias de João Pessoa, Campina Grande, Patos e Aparecida tiveram programação especial com procissões e missas solenes.

Na Diocese de Patos, a Comunidade Nossa Senhora Aparecida, no bairro Jardim Guanabara, celebrou a data com a procissão e a Missa Solene de encerramento e, logo após a descida da Bandeira foi realizada uma quermesse.

Diocese de Cajazeiras, a cidade de Aparecida, a paróquia de Nossa Senhora da Conceição Aparecida também teve programação especial nesta segunda-feira, que iniciou às 5h, com anúncio da chegada do dia. As crianças participam de uma celebração especial para elas às 9h e às 17h, além de procissão e missa solene para encerrar as festividades religiosas no Sertão.

Dia da Padroeira
Só em 1953 é que 12 de outubro passou ser oficialmente o Dia da Padroeira do Brasil. Antes, segundo o Padre Victor Hugo Lapenta, da Comissão de Bens Culturais e Histórico da Arquidiocese de Aparecida, a data já havia sido celebrada no dia 8 de dezembro- dia da Imaculada Conceição no mundo. A data também foi comemorada no primeiro domingo de maio, no mês de Maria; além de 8 de setembro, mês de nascimento dela. A transferência para 12 de outubro foi para aproximar a celebração da data do encontro da imagem no Rio Paraíba.

Escondida
Durante a Revolução de 1932, a imagem da Padroeira  foi levada por alguns meses para São Paulo para ser guardada. Não há registros sobre o 'esconderijo' de Nossa Senhora, mas ela foi levada para capital de carro porque a Igreja temia por sua integridade. O Vale do Paraíba, onde a imagem ficava guardada, na Matriz Basílica, era uma das áreas de combate das tropas. Haviam soldados acampados, inclusive, em Aparecida na época.

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan